CULTURA

Jardins Falam


Adalberto Souza

11/05/2020 16h48

Hoje a colaboração é da arquiteta e paisagista Patrícia Peagle

 

"Tem uma pitombeira na janela do meu quarto. Ela guarda o meu sono e todas as manhãs ela está lá, saudando um novo dia que começa. Um dia desses, um sabiá pousou em seus galhos, e o seu canto me lembrou que jardins falam. Percebi essa realidade lendo um texto de Rubem Alves em que ele conta que Guimarães Rosa em uma de suas obras disse: “São muitos e milhões de jardins, e todos os jardins se falam. Os pássaros dos ventos do céu – constantes trazem recados”.

A partir daí, viajei; comecei a pensar por quantos jardins aquele pássaro tinha passado, será que tinham muitos por perto? Quantos jardins o tinham alimentado e oferecido abrigo? Será que tinham árvores?  Quem e quantos seres vivos circulavam por eles? Que recados trazia o sabiá até a minha pitombeira? Ou, até mesmo, que recados ele levaria a partir do meu jardim?

Imergi tão profundamente em meus devaneios que quando me dei conta o sabiá bateu asas e mergulhou em um céu encoberto de nuvens, levando recados que até mesmo eu desconhecia. Então, pensei: estou aqui, eu e meu jardim."

 

 

 



Compartilhe
comentários