Blog sobre o setor rural de Alagoas

Primeiro ATR da safra 18/19 tem variação de 13%


AL Rural

01/10/2018 14h37

A safra 18/19 começa com números positivos e perspectiva de retomada de crescimento. Neste sentido, o ATR de setembro, o primeiro deste novo ciclo, obteve uma variação positiva superior a 13,1% em comparação ao mês de agosto.

Segundo o Consecana-AL/SE, com base nos dados repassados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada/ Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/ Universidade de São Paulo (CEPEA/ESALQ/USP), o valor líquido do ATR passou de R$ 0,6793 em agosto para R$ 0,7689 em setembro.

O resultado positivo evidenciado no primeiro mês da safra da cana-de-açúcar em Alagoas foi reflexo principalmente das exportações do açúcar VHP.

De acordo com a planilha do Consecana-AL/SE, o saco do VHP comercializado em setembro para o mercado mundial subiu de R$ 58,19 para R$ 75,10. Enquanto isso, o VHP, que tem como destino o mercado americano, também acompanhou a maré alta e passou de R$ 106,10 para R$ 112,15.

Já os demais produtos que fazem parte do mix da cana tiveram queda de preço, a exemplo do saco do açúcar cristal que caiu de R$ 60,13 para R$ 57,35. A mesma redução de preço ocorreu com o etanol. O metro cúbico do anidro caiu de R$ 1.988,77 em agosto para R$ 1.970,13 e o hidratado de R$ 1.920,03 para R$ 1.734,20.

Segundo o Consecana-AL/SE, o preço médio de um quilo de ATR nos produtos que fazem parte do mix da cana em setembro foi de R$ 1,3010 com mesmo valor acumulado.

O levantamento técnico aponta ainda que o valor líquido da cana padrão, que corresponde a 114,09 kg de ATR/tonelada cana, passou de R$ 77,5013 para R$ 87,7238 também com mesmo valor acumulado.



Compartilhe
comentários