AGRONEGÓCIO

Safra da cana entra na reta final


Dorgival Junior

01/02/2017 14h31

Com a expectativa inicial de moer 18,5 milhões de toneladas de cana, a safra 16/17 entra na reta final com uma estimativa de crescimento, aparentemente, menor que a prevista pelo setor sucroenergético alagoano.

Segundo dirigentes do setor, a falta de recursos para investimento e a escassez de chuvas são apontados como fatores responsáveis por uma provável reavaliação de produção.

Das 17 usinas e destilarias que participam da moagem atual, quatro anunciaram que o ciclo já foi finalizado.

Dados divulgados pelo Sindaçúcar-AL revelam que em quatro meses de safra, foram processadas pouco mais de 12 milhões de toneladas de cana e produzidas 1,1 milhão de toneladas de açúcar e 286 milhões de litros de etanol.

Quando a safra teve início, a estimativa das usinas alagoanas era de produzir 1,3 milhão de toneladas de açúcar e 427.874 milhões de litros de etanol.

Passado

Não custa nada lembrar que o ciclo 15/16, onde foram processadas mais de 16 milhões de toneladas de cana, foi considerado uma das piores safras da história do setor canavieiro alagoano. 



Compartilhe
comentários