Esporte

Goleiro salva no fim e CSA encara o São Paulo pela Copa do Brasil


Fonte: Gazeta Esportiva

08/02/2018 09h20

O São Paulo já tem adversário definido na Copa do Brasil. E a equipe do Morumbi terá uma longa viagem pela frente. Isso porque na noite dessa quarta-feira, o CSA conquistou uma classificação emocionante em cima do Manaus, na Arena da Amazônia, com um empate por 2 a 2. Dessa forma, a equipe nordestina vai à segunda fase da competição por mata-mata e deixa pelo caminho o sonho do Manaus. O Tricolor Paulista, que despachou o Madureira na primeira fase, agora aguarda a definição da data do encontro, que deve acontecer no estádio Rei Pelé, em Maceió, de novo em jogo único.

Em boa fase tanto no Estadual quando na Copa Verde, o Manaus abriu o placar em cima de uma das sensações do nordeste aos 35 minutos. O zagueirão Deurick aproveitou sobra de escanteio cobrado na área e estufou as redes.

O CSA, que nessa temporada disputará a Série B do Campeonato Brasileiro, respondeu menos de dez minutos depois. Giva aproveitou cruzamento de Didira e tocou de primeira para o fundo do gol.

Logo no início da etapa final, a partida ficou paralisada por 24 minutos por falta de ambulância. O veículo que estava no estádio teve de entrar em ação para levar o goleiro Jonathan, da equipe da casa, ao hospital depois de uma trombada com o zagueiro Deurick.

Com o reinício do jogo, já com uma nova ambulância à disposição e com a notícia de que Jonathan passava bem, o Manaus partiu para cima naturalmente. O empate daria a classificação aos visitantes.

Então, entrou em ação o estreante da noite. Hamilton pegou rebote da entrada da área e bateu cheio de estilo para encobrir o goleiro Mota. Um golaço. A empolgação, no entanto, acabou complicando Hamilton e o Manaus. Por ter levantando a camisa na comemoração, o meia recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso do jogo.

O erro custou caro. Com um a menos, o Manaus se viu encolhido em seu campo de defesa. O CSA acertou a trave, insistiu e foi premiado com um gol a três minutos do fim do jogo. Leandro Souza, de cabeça, após cobrança de escanteio, empatou o jogo e deu a classificação ao time alagoano, já que o regulamento da Copa do Brasil prevê a vitória como único resultado para a classificação dos mandantes nos confrontos de duelo único.

Mas o verdadeiro herói da classificação acabou sendo o goleiro Mota. Isso porque no último minuto de jogo, mesmo com um a menos, o Manaus conseguiu um pênalti. A comemoração já era de gol. Porém, Nena viu o goleiro Mota acertar o canto e espalmar para fora a última chance do Manaus avançar na Copa do Brasil. Festa dobrada do CSA após o apito final.

Outros jogos pela Copa do Brasil

Outra equipe da Série B que conseguiu avançar na Copa do Brasil na noite dessa quarta-feira foi o Goiás. Graças a gol de Alex Silva, aos 18 minutos do segundo tempo, o Esmeraldino bateu o Sinop no estádio Gigante do Norte por 1 a 0. Agora, o Goiás encara o Boa Esporte no Serra Dourada.

Rival do Goiás, o Vila Nova também não decepcionou e venceu o São Raimundo-RR por 1 a 0 em Roraima. Giaretta marcou o gol da vitória dos goianos aos 10 minutos da etapa final. O adversário do Vila Nova será o Joinville, mas o jogo será em Goiás.

No Ceará, o Ferroviário superou o Confiança por 2 a 1 no estádio Presidente Vargas com gols de Túlio e Rodrigo. Vitor descontou para os visitantes. Assim, o Ferroviário avançou para enfrentar o Sport, em Pernambuco, na segunda fase da Copa do Brasil.

Para fechar a noite de Copa do Brasil, o Ceará fez a festa em Santa Catarina. Um golaço de Rafael Carioca garantiu a vitória por 1 a 0 do Vozão em cima do Brusque depois de 80 minutos de atraso para o início da partida por causa de falta de luz. O Londrina será o adversário do Ceará na segunda fase e o jogo será no Paraná.



Compartilhe