Esporte

CSA e CRB voltam a fazer clássico em Campeonato Brasileiro após 18 anos


Fonte: Globo Esporte/AL

08/06/2018 11h01

O clássico entre CSA e CRB volta a ser disputado em Campeonato Brasileiro depois de 18 anos. Em 2000, os dois se enfrentaram pelo módulo amarelo da Copa João Havelange, o que representou a Segunda Divisão nacional da época. O Galo venceu por 2 a 0, gols de Robson e Tico. A partida foi em 7 de setembro, dia do aniversário do Azulão, o 87º.

A partida foi pela 10ª rodada, e os dois estavam no Grupo B. A competição foi disputada com 36 clubes, divididos em duas chaves com 18. Na primeira fase, os times se enfrentaram em turno único e os oito primeiros passaram para o primeiro mata-mata.

O CRB ficou em oitavo na chave, mas foi eliminado para o São Caetano na segunda fase. O CSA ficou em 14º. No geral, o Galo fechou a participação em 16º, e o Azulão em 24º.

O caminho dos dois rivais foi diferente depois desse clássico. O CRB continuou na Segunda Divisão do ano seguinte, e o CSA jogou a Terceira Divisão. Dezoito anos depois, os dois voltarem a estar no mesmo patamar em nível nacional. Em dois anos, o Azulão saiu da Série D, ganhou a Série C e retornou para a Segundona.

Detalhes do CSA nos 18 anos

- Jogou seis vezes a Série C: 2001, 2002, 2003, 2006, 2008 e 2017;
- Foi campeão da Série C em 2017, o primeiro título nacional de um clube de Alagoas;
- Jogou cinco vezes a Série D: 2009, 2010, 2012, 2013 e 2016 (quando foi vice-campeão);
- Não disputou divisão nacional seis vezes: 2004, 2005, 2007, 2011, 2014 e 2015.

Detalhes do CRB nos 18 anos

- Jogou 12 vezes a Série B: 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2015, 2016, e 2017;
- Foi rebaixado duas vezes na Série B dos pontos corridos (2008 e 2012) e a melhor colocação foi em 2016, em 7º;
- Jogou cinco vezes a Série C: 2009, 2010, 2011 (vice-campeão), 2013 e 2014 (semifinal).

Ficha técnica do último clássico na Segunda Divisão

CSA 0x2 CRB - 10ª rodada da Copa João Havelange, módulo amarelo
Local e dia: Rei Pelé, em 07/09/2000
Gols: Tico e Robson

CSA: Vanderlei, Luciano (Renatinho), Márcio Pereira, Cléber e Mazinho (Fabinho Silva); China, Roberto Alves, Pedrinho Maradona (Leandro Guerreiro) e Biro-Biro; Sandro Oliveira e Wilson. Técnico: Otávio Oliveira.

CRB: Alexandre, Fabiano, Ilton, Fernando e Alexandre Carioca; Marquinhos, Damon, Sabino e Tico (Paulo Roberto); Gabriel e Ney (Robson). Técnico: Ademir Fonseca.



Compartilhe