Esporte

Brasil segue vivo no Mundial feminino Sub-20 após empate heroico


Fonte: G1

08/08/2018 11h41

O Brasil passou muito perto de complicar a classificação às oitavas na Copa do Mundo de futebol feminino Sub-20, mas se livrou de uma dor de cabeça precoce no último minuto da partida contra a Inglaterra. A equipe conseguiu um empate heroico em 1 a 1 com as inglesas, nesta quarta, no Estádio Clos Gastel, em Léhon, na França. As brasileiras perdiam até os 47 do segundo tempo, quando Ariadina marcou e deixou a Seleção viva novamente na competição.

Por conta da derrota para o México na estreia, o Brasil entrou em campo precisando pontuar para não depender de combinações de resultados na próxima rodada. No entanto, o jogo ficou tenso logo aos 10 minutos, quando Tainara segurou Peplow pelo pescoço, e a árbitra marcou pênalti para a Inglaterra. Stanway converteu a cobrança, abrindo o placar para as inglesas.

Após sofrer o gol, a equipe brasileira se deparou com uma marcação forte das inglesas. Um pouco nervoso, o Brasil apostou nas bolas longas, mas sem muito sucesso. No fim do primeiro tempo, a Seleção passou a pressionar mais, conseguindo construir jogadas e chegar ao ataque, mas pecando nas finalizações.
No segundo tempo, o Brasil teve uma oportunidade clara logo aos sete minutos. Kerolin recebeu livre dentro da pequena área, de frente para o gol, mas acabou desperdiçando ao chutar por cima da meta. Aos 11, Geisy chegou entre as marcadoras, dominou a bola e buscou a finalização, mas a jogadora acabou perdendo o equilíbrio e chutou para defesa fácil da goleira Maciver.

A Inglaterra ainda teve um gol anulado no segundo tempo, após Patten colocar a bola na rede depois de cobrança de escanteio - a árbitra assinalou falta da inglesa.

As brasileiras conseguiram aumentar o volume de jogo e criar oportunidades, mas seguiram tropeçando nas finalizações. A partida começava a apresentar contornos dramáticos para o Brasil, que precisaria contar com a sorte para se classificar na próxima rodada.

No entanto, Kerolin fez jogada individual e tentou a infiltração na área, mas acabou recebendo o corte. Na sobra, Ariadina chutou na entrada da área e marcou o gol do alívio brasileiro, no último minuto, deixando a Seleção viva na competição.

As estatísticas do jogo mostram o domínio brasileiro na partida. Além dos 59% de posse de bola da equipe do técnico Doriva Bueno, foram 21 finalizações do Brasil contra seis da Inglaterra - o que mostra a efetividade inglesa e a dificuldade de finalização da Seleção, assim como já havia acontecido na derrota para o México, na estreia da competição.

A Seleção encerra a primeira fase diante da atual campeã, Coreia do Norte, dia 12, às 8h30.



Compartilhe