Esporte

Lateral-direito do CSA, Régis é acusado de tentar invadir motel em Maceió


Fonte: Cada Minuto

25/02/2019 14h03

Após a vitória sobre o CEO no último domingo pelo Campeonato Alagoano, o elenco do CSA ganhou folga nesta segunda-feira (25). No entanto, o lateral-direito Régis e a diretoria azulina terão um início de semana movimentado. O jogador foi acusado e detido pela Polícia Militar, depois de tentar invadir um motel na capital alagoana.

 

 

Segundo as primeiras informações, o jogador estaria alterado e tentava entrar no estabelecimento, afirmando que sua esposa estaria no local. Proibido, teria chutado iniciado uma confusão. O MinutoEsportes apurou que a esposa do jogador está em Brasília, onde o atleta tem residência fixa.

 

Após ser detido pela Polícia Militar, o jogador foi encaminhado para a Central de Flagrantes no bairro do Farol, onde foi ouvido pelo delegado de plantão, Lucimério Campos, assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado posteriormente.

 

 

Informações davam conta de que o jogador teria pago um valor para ser liberado, o que não aconteceu, bem como nenhuma quantia foi repassado ao motel, por possíveis prejuízos gerados no local.

 

No primeiro momento, a diretoria do CSA negou o fato, mas depois se pronunciou através de nota, afirmando que o presidente do conselho deliberativo, Raimundo Tavares, irá resolver o problema internamente.

 

“O CSA foi comunicado de um incidente com o atleta Régis Ribeiro de Souza na madrugada desta segunda-feira em Maceió. O clube, através do Presidente do Conselho Deliberativo e integrante do Conselho Gestor do futebol, Raimundo Tavares está tratando do assunto internamente, e tomando as providências”, afirmou o clube através da sua assessoria de comunicação.

 

HISTÓRICO

 

Em 2018, Régis foi dispensado pelo São Paulo por problemas particulares. Durante o período que esteve sem clube, o jogador chegou a ser detido em Brasília, Distrito Federal, por tentar invadir uma residência.

 

Já no CSA, no começo da temporada, informações surgiram e apontaram para uma rescisão de contrato do jogador, o que não se confirmou. Pelo contrário, o jogador se firmou na equipe e tem sido peça fundamental na evolução do time dentro de campo.



Compartilhe