Esporte

Atleta alagoana vende água mineral para disputar competições


Fonte: Tribuna Hoje

07/03/2019 13h43

2018 foi um ano de muitas vitórias para a atleta alagoana de jiu-jitsu, Carolina de Sá, quando ainda era faixa-branca. O ano de 2019 chegou, e com a faixa-azul, novas conquistas. Porém, algumas dificuldades levaram a atleta a vender água mineral durante o todo carnaval para arrecadar recursos e bancar inscrições de competições nacionais e internacionais, além das despesas permanentes na modalidade.

No ano passado, Carolina superou a casa dos 30 títulos conquistados, no Brasil e no exterior, garantindo assim a liderança nos rankings da CBJJ (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu) e IBJJF (International Brazillian Jiu-Jitsu Federation), na faixa-branca.

Além disso, a atleta garantiu em dezembro passado, o prêmio de melhor atleta de jiu-jitsu no evento “Melhores do Ano No Esporte Alagoano”, organizado pela Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e Juventude.

São quase 3 anos treinos e competições, títulos e experiência que levou a passar de faixa, chegando a azul. O ano já começou com as competições nacionais, com direito a medalha de prata no Sul Brasileiro em Florianópolis, Santa Catarina e medalhas de ouro, prata e bronze com e sem quimono, no Curitiba Summer, no Paraná.

Apesar das dificuldades, Carolina encarou o desafio da falta de apoio com bom humor e a mesma disposição que entra no tatame em busca das medalhas.

“Olhei a conta e tudo que eu tinha eram R$ 144, pensei que era aquilo mesmo, pedi o carro emprestado e corri na distribuidora, convenci o comerciante a me fazer um desconto nas águas, gelo também, saí ligando para os amigos da família e consegui duas caixas térmicas emprestadas. Eu não tenho noção de quanto vou arrecadar, espero que ao menos o suficiente pra as próximas viagens. Para incentivar as vendas decidi deixar o preço aberto, quem escolhe é o cliente. E aí, quanto será que vale meu sonho?!”, disse ao portal Minuto Esportes.



Compartilhe