Esporte

CSA reestreia no Brasileirão, 33 anos depois, enfrentando o Ceará, no Castelão


Isaac Simões
Fonte: Gazeta Web

28/04/2019 15h17

Chegou o dia que o torcedor azulino tanto esperou. Trinta e três anos depois, o CSA volta a pisar no gramado para disputar uma partida de Série A do Campeonato Brasileiro. E o primeiro desafio marujo acontece às 16h, deste domingo (28), na Arena Castelão, em Fortaleza-CE, enfrentando o Ceará, com transmissão em Tempo Real da Gazetaweb.

A última vez que o Azulão esteve em campo pela Primeira Divisão do Brasileiro foi no campeonato de 1986, quando o São Paulo, do artilheiro Careca, acabou ficando com o título, após derrotar o Guarani de Campinas na finalíssima. Naquela temporada, os azulinos até conseguiram chegar à segunda fase da competição nacional, mas acabaram sendo eliminados.

Agora, o Azulão tenta mostrar para o Brasil que não será presa fácil na elite do futebol nacional e, para isso, um bom resultado logo na estreia diante do Vozão, na capital cearense, nesta tarde, é fundamental para largar bem no Brasileirão.

Em 2018, azulinos e alvinegros se enfrentaram duas vezes pela primeira fase da Copa do Nordeste. Na Arena Castelão, palco do jogo desta tarde, o Vozão levou a melhor e venceu o Azulão por 1x0. Já no Rei Pelé, os times ficaram no empate em 1x1, que acabou eliminando o CSA do Nordestão. 
Azulão

O CSA chega sem problemas para este primeiro desafio pelo Brasileirão. Durante os treinamentos ao longo da semana, o treinador marujo fez alguns testes na equipe, colocando Naldo na vaga de Dawhan na contenção e Madson no lugar de Matheus Sávio na criação.

Naldo e Madson fazem parte do grupo de jogadores que não puderam ser aproveitados durante o Estadual, por não estarem inscritos na competição e, agora, podem reforçar o time marujo. Além dos dois, Cabo também passa a contar com o zagueiro Leandro Souza, o lateral-esquerdo Pablo Armero, o volante Bruno Ramires e o meia Cristian Maidana.

Na coletiva da última terça-feira (23), o comandante azulino falou sobre a dificuldade de jogar a Série A do Brasileiro e citou o reforço dos atletas que não atuaram no Alagoano.
"Eu entendo que a gente precisa melhorar e evoluir muito para a Série A. Montamos uma equipe, depois trouxemos jogadores e fomos remontando a equipe dentro das competições, temos ainda seis jogadores para estrear e mais o Leandro (Souza, zagueiro). Então, a gente ainda precisa continuar montando a equipe. Com certeza a gente não inicia a competição com o time ideal, mas temos a certeza que precisamos melhorar bastante. E a gente vai trabalhar bastante para melhorar".

Porém, a tendência é que o técnico do Azulão mantenha a base bicampeã alagoana para o confronto diante do Vozão, sacando apenas Mauro Silva do time titular. O CSA deve ir a campo com João Carlos; Apodi, Gerson, Luciano Castán e Carlinhos; Dawhan, Bruno Ramires, Didira, Matheus Sávio e Robinho; Patrick Fabiano.

Vozão


Após perder o título estadual para o Fortaleza, o Ceará aposta todas as fichas na Série A do Brasileiro. Por isso, a direção resolveu trocar o comando técnico e trouxe Enderson Moreira para o lugar de Lisca.
Com poucos dias de trabalho no CT do clube, em Porangabuçu, o novo treinador alvinegro não deve fugir da base que vinha atuando ao longo da temporada e conta principalmente com o apoio do torcedor na Arena Castelão para iniciar com pé direito a competição nacional.

O Ceará deve ir a campo com Diogo Silva; Samuel Xavier, Thiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Juninho e Ricardinho; Fernando Sobral, Leandro Carvalho e Ricardo Bueno.

Arbitragem 

A arbitragem fica por conta do paranaense Adriano Milczvski (CBF). Ele será auxiliado por Rafael Trombeta (CBF-PR) e Daniel Henrique Andrade (CBF-DF).

 



Compartilhe