Esporte

Chamusca analisa jogo-treino, comenta nova função de Willians Santana e prevê reestreia do CRB


Fonte: Globo Esporte/AL

08/07/2019 11h20

Após a vitória magra contra o Retrô, por 1 a 0, no segundo teste do CRB na parada do Brasileiro, o técnico Marcelo Chamusca avaliou o desempenho do seu time no jogo-treino contra o adversário que está em fase de preparação para disputa da Segunda Divisão do Campeonato Pernambucano.

- Foi muito proveitoso. Primeiro porque nós tivemos a oportunidade de trabalhar no nosso campo de jogo, e isso é muito interessante porque já vamos criando uma adaptação. A gente só joga aqui, não treina. Então fazer esse último jogo-treino aqui no Rei Pelé para nós foi muito proveitoso.

 

- No aspecto tático, enfrentamos uma equipe bem organizada, conheço o treinador deles, sempre monta boas equipes, tem um histórico de acessos interessantes por lá e já esperávamos enfrentar um adversário fechado, com bloco baixo, mas acho que as duas equipes, já que nós modificamos toda a equipe para o segundo tempo, tiveram uma postura interessante em relação a fase ofensiva do jogo e, dentro da fase defensiva, diante das dificuldades que o adversário nos proporcionou, normais, mas eu gostei do rendimento das duas equipes.

Perguntado sobre o desempenho de Willians Santana na função de camisa 10, o treinador regatiano elogiou o atleta.

- Já deu pra ver nas movimentações que o Willians tem essa característica de jogar também por dentro. Jogou aqui por dentro, jogou mais por fora nas outras passagens, mas eu conheci o Willians da base do Vitória jogando por dentro. E ele sabe fazer bem essa função, dá muita opção. Dá pra se ver que o atleta está um pouco abaixo em relação ao aspecto físico já que ele vem de um futebol menos competitivo, vem do futebol árabe, então existe uma readaptação. Mas ele fez semanas excelentes de trabalho e hoje mostrou que tem toda condição de fazer um quarteto ofensivo forte.

 

Chamusca lamentou a ausência do atacante Léo Ceará no jogo-treino.

- Hoje, infelizmente, perdemos o Léo Ceará, por uma questão clínica [virose], utilizamos o Dudu, mas nos treinos eles estavam muito bem entrosados. Foi uma pena e eu gostaria de ter a oportunidade de ter visto o Léo Ceará hoje com o Willian, o Felipe Ferreira e o Alisson.

Confira outros trechos da coletiva de Marcelo Chamusca

Esboço do time e novas opções

- A equipe é basicamente essa aí, com a volta do Léo, a não ser que aconteça qualquer contratempo. Essa é a base que nós estamos trabalhando durante as duas semanas e temos bons jogadores retornando, caso do Hugo Sanches, que fez bom jogo-treino aí, mostrou que vai brigar pelo espaço dele... Na verdade, perdemos o Sanches naquele último jogo do Campeonato Alagoano e agora ele tá retornando. O Lucas Siqueira também voltou, requer um pouco mais de ritmo, passou praticamente um ano parado, então é praticamente essa base que a gente utilizou, com a volta do Léo.

 

Jogo contra o Guarani

- Claro que é outro jogo, com outro aspecto motivacional, casa cheia, sei que a torcida está ansiosa pelo retorno da competição, contra um adversário que a gente vem acompanhando, mudou o treinador, o Roberto Fonseca assumiu, fizeram um amistoso contra o Palmeiras e venceram, então vem com motivação grande, até porque estão em situação ruim na tabela e precisa ganhar, assim como nós também precisamos vencer na competição.

- Então temos aí um pouco de uma semana para preparar, mas a base é essa aí, alguns detalhes principalmente em função do posicionamento do adversário para fazermos uma semana concentrada e reestrear com uma vitória aqui no jogo de sexta-feira.



Compartilhe