a Após derrota para Flamengo no Maracanã, CSA permanece em situação difícil | Jornal de Alagoas

Esporte

Após derrota para Flamengo no Maracanã, CSA permanece em situação difícil


Fonte: Tribuna Hoje

28/10/2019 09h30

O CSA perdeu por 1 a 0 para o Flamengo em partida disputada na noite deste domingo, no Maracanã, no encerramento da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado fez o time rubro-negro manter a sequência invicta na série A que já alcança 15 partidas e se consolidar na liderança da competição com 67 pontos ganhos, mantendo a grande vantagem sobre seus perseguidores mais próximos. O CSA continua na 18ª colocação com 26 pontos ganhos. O único gol foi marcado por Arrascaeta, no primeiro tempo.

Quase 70 mil pessoas viram a equipe carioca começar a partida com a intensidade habitual, mas cair de rendimento com o decorrer do jogo, desperdiçando chances para marcar e permitindo que o CSA subisse de produção e desse trabalho para Diego Alves. O goleiro do Flamengo se transformou em personagem importante do confronto com importantes defesas que impediram uma grande surpresa no Maracanã. O time dirigido por Argel Fucks tentou encarar o poderoso adversário de igual para igual e criou dificuldades, apesar da disparidade técnica entre as duas equipes.

Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o Goiás, no Serra Dourada. O CSA vai receber o Corinthians, no Rei Pelé.

Jogo – Como era de se esperar, o Flamengo partiu para cima do CSA e, aos cinco minutos, após boa troca de passes, Gerson mandou a bomba e João Carlos fez uma defesa segura. A pressão continuou e, aos oito minutos, a equipe rubro-negra marcou o primeiro gol. Arrascaeta recebeu na entrada da área e arriscou. O goleiro João Carlos falhou e a bola foi morrer nas suas redes, para alegria da grande torcida.

O CSA demorou a se recuperar do golpe e só aos 20 minutos é que chegou na área rubro-negra. Celsinho bateu falta e Ricardo Bueno cabeceou no meio do gol, facilitando a defesa de Diego Alves.

O Flamengo administrava a vantagem, tocando a bola sem a intensidade de outras partidas, enquanto o time alagoano tentava encurtar os espaços, mas encontrava dificuldade para evoluir, depois que recuperava a bola. Só aos 35 minutos é que o CSA criou condições para buscar o empate. Apodi recebeu nas costas da zaga e chutou, mas Diego Alves evitou o gol da equipe nordestina.

Logo depois, o Flamengo criou duas oportunidades para marcar.Aos 38, Gabigol recebeu de Gerson e bateu com muito perigo. Logo depois, Gerson recebeu de Arrascaeta e cruzou para a cabeçada de Bruno Henrique. A bola passou perto da trave.

O CSA voltou a assustar aos 40 minutos quando o volante Dawhan recebeu na área, se livrou de Tuler e chutou para outra grande defesa de Diego Alves. Aos 44, Bruno Henrique voltou a desperdiçar a chance para marcar, ao cabecear para fora quando estava livre na pequena área.

O segundo tempo começou com o Flamengo tentando acelerar o ritmo de jogo para tentar marcar logo o segundo gol e não dar chances de reação ao adversário. Aos 13 minutos, Gabigol foi lançado na entrada da área e arriscou o chute, mas mandou para fora.

O time dirigido por Jorge Jesus só voltou a aparecer na área alagoana aos 21 minutos em nova conclusão de Gabigol, mas o goleiro João Carlos defendeu bem a conclusão do artilheiro.

O treinador rubro-negro colocou Reinier e Vitinho nas vagas de Everton Ribeiro e Arrascaeta.numa tentativa de dar mais velocidade ao ataque da equipe carioca. E, aos 29 minutos, novamente Gabigol tentou a conclusão, mas jogou por cima do travessão.

O CSA não se entregava e voltou a assustar a torcida aos 34 minutos quando Warley soltou a bomba e Diego Alves fez outra grande defesa. Aos 40 foi a vez do experiente Alcsandro cabecear livre e mandar para fora, quando tinha tudo para marcar. No último lance importante do jogo, Gabigol, que passou em branco, tentou colocar no canto, mas João Carlos fez ótima defesa.



Compartilhe