Geral

Saiba como ser um fiscal da Slum


Fonte: Ascom Slum

16/04/2018 09h04

Diariamente, os agentes de fiscalização da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum) estão nas ruas para coibir o descarte irregular de resíduos e garantir o cumprimento do Código Municipal de Limpeza Urbana, de 1994.

Os fiscais fazem ronda por toda a cidade e atendem às denúncias que são feitas pelo cidadão através da Central de Limpeza. Para entender o que pode e o que não pode, seguem abaixo algumas informações indispensáveis para o descarte correto de resíduos.

Grandes geradores

Grande gerador é todo o estabelecimento que gera mais de 100 litros diários de resíduos. Esses locais devem, de acordo com a legislação, contratar uma empresa ambientalmente licenciada para realizar a coleta e a destinação correta para o aterro sanitário.

Terreno particular

O descarte irregular de resíduos em terrenos particulares é um dos grandes problemas da limpeza em Maceió. De acordo com o Código de Limpeza Urbana, a limpeza desses locais é de responsabilidade do proprietário, que também deve manter o local murado.

Seja um fiscal

Além de fazer o descarte correto, o cidadão pode informar ao órgão caso presencie alguma irregularidade. A Slum conta com um canal direto para atender as solicitações, tirar dúvidas, fornecer orientações e receber sugestões e denúncias. Para entrar em contato com a Central de Limpeza, pode ligar para o 800 082 2600 ou pelo WhatsApp 9 8802-4834. O canal funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.



Compartilhe