Geral

Organização PCC de SP ordenava práticas nos presídios alagoanos


Fonte: Redação JAL com agências

11/07/2018 13h37


Alguns bilhetes que foram encontrados dentro da Penitenciária de Presidente Bernardes II, em São Paulo, ordenavam que se praticassem ações do Primeiro Comando da Capital (PCC) em algumas regiões, inclusive o estado de Alagoas, conforme publicado no jornal O Globo.

O PCC orientava os membros a se infiltrarem nas favelas e comunidades onde o Comando Vermelho (CV) possui domínio do tráfico de drogas, misturando-se aos cidadãos comuns, a quem gostam de chamar “zé povinho”.

Em uma mensagem em específico é falado que a CV cobra uma taxa de 30% das vendas de drogas em todo o estado. A estratégia então foi suspender a cobrança de mensalidades de todos os traficantes que se aliem ao PCC no estado, para tornar a troca de facção vantajosa



Compartilhe