a Estado de Alagoas regulariza a oferta de exames aos pacientes com HIV/AIDS | Jornal de Alagoas

Geral

Estado de Alagoas regulariza a oferta de exames aos pacientes com HIV/AIDS


Redação

20/05/2019 11h44

Em cumprimento da decisão judicial que atendeu ao pedido da Defensoria Pública do Estado, a Secretaria da Saúde do Estado de Alagoas (Sesau) informou, na última sexta-feira, 17, que regularizou a oferta dos exames laboratoriais específicos à prevenção e tratamento de coinfecções e infecções oportunistas voltados aos pacientes com HIV/AIDS e que são usuários da rede pública de saúde. 

De acordo com o relatório, assinado pela Superintendente de Vigilância à Saúde do Estado, Cristina Maria Vieira da Rocha, desde o último mês de fevereiro, o Estado já realizou 2.750 exames destinados à prevenção e tratamento de coinfecções e infecções oportunistas, sendo 400 exames de citomegalovírus, 80 exames de Herpes vírus, 170 de HTLV I e II, 1.300 para diagnósticos das Hepatites A,B e C, 600 exames de Toxoplasmose e 200 exames de Epstein Baar.

Ação na justiça

Os defensores públicos do Núcleo de Direitos Coletivos, Daniel Alcoforado e Karina Basto ingressaram, no último mês de fevereiro, com ação visando garantir o acesso de pessoas diagnosticadas com HIV/AIDS aos exames para diagnóstico de infecções oportunistas. Algumas semanas depois, o Judiciário aceitou o pedido da Defensoria Pública, determinando a regularização da oferta dos exames em 45 dias.

De acordo com os defensores públicos, os exames são necessários para o acompanhamento da saúde dos de 7.580 pacientes que vivem com HIV no estado. 

O Núcleo de Direitos Coletivos da Defensoria Pública continuará acompanhando o cumprimento da decisão, com o objetivo de garantir os direitos dos cidadãos soropositivos no estado.

 
 

Fonte: Assessoria

 


Compartilhe