a JHC vota contra a reforma da previdência | Jornal de Alagoas

Geral

JHC vota contra a reforma da previdência


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

11/07/2019 09h32

O deputado federal João Henrique Caldas  queria votar a favor, mas foi contra. A deputada federal Tereza Nelma terminou votando contra também.

 

Com o fechamento de questão pelo PSB, contra e PSDB a favor, os dois parlamentares poderiam ser punidos pelos partidos se houvesse descumprimento da decisão em relação a reforma da previdência.

A pena vai de advertência à expulsão. No caso de Caldas, o risco era de perder o comando do partido em Alagoas. Ele é o presidente do PSB, mas o diretório é provisório. Segundo vários interlocutores, a real ameaça era deixar JHC sem legenda para disputar a prefeitura de Maceió em 2020.

Caldas, embora tenha revelado a alguns interlocutores que queria votar a favor da proposta do governo, seguiu a orientação do PSB e está livre de punição. E claro não corre riscos de perder mais a legenda.

No caso de Teresa, o aviso foi dado pelo próprio PSDB nacional.

Tereza Nelma anunciou voto contrário à reforma, que tem o apoio do PSDB e cumpriu a promessa.

“A Deputada Tereza Nelma(PSDB-AL) comunicou ao Presidente do Partido, Bruno Araújo, que votará contra a posição do PSDB na reforma da Previdência. Como há decisão partidária de fechamento de questão a favor da reforma, foi avisada que receberá as sanções previstas no estatuto.”, comunicou o partido pelo seu Twitter oficial.

Quanto a JHC, ele perde espaço junto ao grupo de Bolsonaro (a informação é que o deputado pactuou o voto sim com a turma do governo), mas segue com um partido para chamar de seu.

Se de fato ele “mudou” seu voto ou não, nunca saberemos. O que vale, apesar do que ele teria dito para várias pessoas, é o não no placar da Câmara dos Deputados.

Os demais deputados votaram como esperado. Todos a favor (Nivaldo Albuquerque, Sérgio Toledo, Severino Pessoa, Marx Beltrão e Isnaldo Bulhões), exceto Paulão que votou contra.



Compartilhe