a Servidores públicos farão ato em frente a Secretaria da Fazenda | Jornal de Alagoas

Geral

Servidores públicos farão ato em frente a Secretaria da Fazenda


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

17/07/2019 09h06

A convocação é para lembrar o dia 17 de julho, que entrou para a história de Alagoas há 22 anos, após o impeachment do ex-governador Divaldo Suruagy.

A escolha do local para a realização do ato público, no entanto, tem um simbolismo mais amplo. Os sindicatos que representam os servidores públicos do Estado – entre eles o Sinteal – devem aproveitar o ato público para cobrar uma posição do governo do Estado o reajuste do funcionalismo estadual.

A data base da categoria é o mês de maio. Até o momento o governo ainda não sinalizou para a reposição salarial dos servidores.

 

Veja a convocação feita pelo Sinteal:

CONVOCAÇÃO GERAL PARA O 17 DE JULHO – HÁ 22 ANOS O POVO E OS/AS TRABALHADORES/AS FIZEMOS HISTÓRIA

Há 22 anos, os/as trabalhadores/as alagoanos/as – dentre eles/as os/as da Educação – e o povo em geral foram às ruas para defender seus direitos, ameaçados pelo antipopular governo da época. Milhares de pessoas tomaram as ruas do Centro de Maceió e se dirigiram à frente da Assembleia Legislativa de Alagoas, exigindo o “impeachment” do governador Divaldo Suruagy. O clímax dos protestos aconteceu no já histórico 17 de julho de 1997, quando a Assembleia Legislativa teve que realizar a sessão plenária que afastou o governador do cargo, numa vitória dos/as trabalhadores/as e do povo alagoano contra um governo que implantou o caos no Estado de Alagoas, com nove meses de salários em atraso, fome, desespero e suicídios.

CONVOCAÇÃO PARA O 17 DE JULHO – 2019

Ao lado da Central Única dos Trabalhadores em Alagoas (CUT/AL), de sindicatos parceiros da luta e das demais instituições da sociedade civil organizada, o Sinteal convoca as/os trabalhadoras/es das redes públicas da Educação para participar do Ato Público em homenagem ao 17 de julho, na próxima 4ª feira, a partir das 08hs, em frente à sede da Secretaria da Fazenda (Centro de Maceió), comemorando e relembrando esta data histórica da luta dos/as trabalhadores/as e do povo alagoano em geral, e em defesa dos nossos direitos.



Compartilhe