a Bairro do Clima Bom receberá obras de infraestrutura | Jornal de Alagoas

Geral

Bairro do Clima Bom receberá obras de infraestrutura


Fonte: Ascom Seminfra

20/01/2020 12h14

O Nova Maceió recebe nesta terça-feira (21) um importante reforço para execução de obras de infraestrutura na Capital. O prefeito Rui Palmeira assina ordem de serviço, no valor de R$ 31,8 milhões, com recursos financiados pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) para melhorias no bairro do Clima Bom.

Os serviços já começam na própria terça-feira pela Avenida Edgar de Góes Monteiro, ruas Eronildes de Oliveira, São José, Rua Luiz Miguel Santos, Professor Leandro Silva, Rafaela Marques, Recanto do Sol, Poeta Luiz Gonzaga Barroso e Travessas Eronildes de Oliveira, Recanto do Sol, São José, São José 1, São José 2 e Edgar de Góes Monteiro.

Serão construídos mais de 26 mil metros de rede de esgotamento sanitário, com 5.200 ligações domiciliares, 8.519 metros de rede de drenagem, quase 114 mil metros de pavimentação em 114 ruas e 48.500 metros de calçadas. No total cerca de 20 mil habitantes serão beneficiadas.

O secretário municipal de Infraestrutura, Mac Lira, que também participará do evento, ressalta que essa é mais uma ação da Prefeitura de Maceió com o objetivo de avançar na urbanização da cidade. “Mais obras do Nova Maceió, que é muito arrojado e importante, já tem mudado o cenário do município e agora chega no Clima Bom com recursos do CAF”.

Além do Clima Bom, este primeiro pacote de obras financiadas pelo CAF irá contemplar os bairros Tabuleiro do Martins, Cidade Universitária, Santa Lúcia, e no Litoral Norte: Garça Torta, Ipioca e Riacho Doce.

O coordenador executivo da unidade de gerenciamento do Programa Revitaliza Maceió, que integra o Nova Maceió, Vitor Albuquerque, conta que o Clima Bom é o primeiro bairro a receber as ações, mas ainda esse ano as obras começarão em outras localidades. “Estamos trabalhando em outros processos licitatórios para contratar as empresas que irão executar as obras em outras partes da cidade. Mas em breve iremos avançar ainda mais”, afirmou Vítor.



Compartilhe