Inovação

Hackathon: Maceió recebe maratona de programação


Fonte: Ascom Semtur

23/11/2017 09h16

A Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), em parceria com o Sebrae e com o apoio da ABIH-AL, Velloo Telecom e Gracom Escola de Efeitos Visuais, vai promover, entre 1, 2 e 3 de dezembro, o Hackathon, maratona voltada para programadores, designers e outros profissionais que atuam com aplicativos e plataformas digitais. É lançado um desafio para as equipes participantes, que deverá ser solucionado de modo criativo e inovador, com o apoio da tecnologia. O desafio para esta edição foi pensado pela equipe da Semtur, em conjunto com o Conselho Municipal de Turismo de Maceió. Serão mais de 30 horas ininterruptas de maratona e essa é a primeira vez que Maceió sedia um Hackathon específico para o turismo. As soluções vencedoras ganharão premiações, além da solução desenvolvida ser adotada pela cidade.

As 10 equipes, compostas por três pessoas cada, deverão criar, executar e entregar uma plataforma com o objetivo de integrar agentes do turismo de Maceió como hotéis, guias, agências de turismo, receptivos, restaurantes, taxistas, poder público e outros canais de turismo para que eles possam oferecer um serviço de ainda mais qualidade para os visitantes da cidade. Para isso, as problemáticas do setor serão apresentadas, tarefa que será conduzida pelo secretário do Turismo, Jair Galvão, que já participou de várias reuniões com o trade turístico para entender as demandas específicas de cada agente.

De acordo com a secretária-adjunta do Turismo, Luciana Sagi, as melhorias necessárias nos aspectos de comunicação pelo setor turístico de Maceió exigem adequação à uma nova realidade. “O Hackathon é uma oportunidade para trazer soluções inovadoras e criativas, com o apoio da tecnologia, para apoiar a melhoria dos processos de transmissão de informações e comunicação entre diversos atores do turismo, em especial, aqueles que são da chamada linha de frente, que se relacionam diretamente com os turistas. Desta forma, será possível melhorar a capacitação dos profissionais sobre o que a cidade tem a oferecer, bem como melhorar a comunicação com os turistas e entre os próprios profissionais do setor”, pontuou.

“O turismo local tem diversos atrativos e serviços turísticos desconhecidos até pela própria população da cidade, potencial que pode ser explorado em uma solução tecnológica. Trazendo um evento como o Hackathon para Maceió, podemos buscar soluções que sejam adequadas às necessidades dos usuários desta plataforma, de modo atrativo, lúdico e qualificado. Além disso, é muito positivo valorizar os profissionais de tecnologia e trazer seus conhecimentos para a complexidade do setor turístico, garantindo assim, um caminho rumo à um destino turístico cada vez mais inteligente e sustentável”, acrescentou Luciana.

As inscrições para o Hackathon estão abertas e custam R$ 60 por equipe. As três melhores equipes serão premiadas, com uma viagem para São Paulo (1º lugar), inscrição no curso Empretec do Sebrae (2º lugar) e inscrição em curso de design pela Gracom (3º lugar). Mais informações podem ser obtidas pelo 0800-570-0800.

 



Compartilhe