Inovação

Parceria promove inclusão digital em unidades da Semas


Fonte: Prefeitura de Maceió

09/12/2017 14h26

Uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) vai promover a inclusão digital nas unidades de acolhimento institucional de Maceió. As unidades ganharam computadores que terão acesso à plataforma de cursos à distância.

A proposta é que os jovens que estão institucionalizados nos abrigos mantidos pela Prefeitura de Maceió tenham acesso a cursos na modalidade ead na própria Unidade de Acolhimento Institucional e possam melhor se preparar para o mercado de trabalho.

A secretária de Assistência Social de Maceió, Celiany Rocha, destacou a importância de buscar o melhor para os jovens que estão institucionalizados e aumentar as oportunidades na disputa de uma vaga no mercado de trabalho. “A gente tenta trabalhar nesses abrigos como um lar. Se normalmente os adolescentes que estão com pais ou responsáveis têm acesso à internet, seja para rede social ou curso profissionalizante, nossos jovens também têm esse direito. Como a gente conta com os parceiros, o Senai está sendo mais uma vez parceiro nos doando estes computadores para que os adolescentes tenham acesso a cursos profissionalizantes online”, destacou.

De acordo com o coordenador do Senai, Allan Souza, a instituição, além de doar os computadores, dará o suporte para garantir a inclusão digital dos jovens, ofertando cursos para proporcionar mais qualificação nas seleções para o mercado de trabalho.

“A Semas é parceira de longas datas do Senai e nada mais justo que o Senai contribuir para que os alunos tenham acesso à informação e acesse também a nossa plataforma de cursos à distância. Primeiro estaremos apoiando na parte de ferramenta de tecnologia, onde estamos, digamos assim, emprestando esses computadores para a Semas e, em um segundo passo, a gente vai levar nossa equipe de monitores à distância, onde a gente vai treinar as interlocutoras para que desenvolvam cursos gratuitos à distância”, explicou o coordenador.

Os cursos que serão ofertados são na modalidade iniciação profissional, de curta duração, mas que têm uma importância grande para o mercado alagoano. Entre eles, estão os cursos de empreendedorismo, ética profissional e legislação trabalhista. “São cursos que vão ser um plus na profissão escolhida por esses futuros alunos do Senai”, completou Allan Souza.



Compartilhe