Inovação

Governo de Alagoas fortalece investimentos na orla lagunar


Fonte: Agência Alagoas

30/03/2018 11h24

A região da orla lagunar deu uma contribuição valiosa para a construção da identidade maceioense: no Vergel do Lago, por exemplo, está parte da Lagoa Mundaú, farta em sururu, uma das principais iguarias de nossa gastronomia; no bairro do Pontal, encontramos o filé e os folguedos, enquanto o Trapiche concentra o grande palco do futebol alagoano, o Estádio Rei Pelé, carinhosamente chamado de “Trapichão”. 

Por reconhecer a importância histórica e cultural dessa região para a capital, o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), fortaleceu os investimentos para a oferta de uma educação de qualidade para a comunidade.

Nos últimos três anos, a região foi contemplada com duas escolas de ensino integral –Rodriguez de Melo, na Ponta Grossa, e Anaias de Melo, no Vergel. Além disso, foram reformadas as escolas estaduais Anaias de Lima, Rodriguez de Melo, Thomás Espíndola e José Oliveira Silva. No que concerne à prática esportiva, a Seduc ainda construiu ginásio para a Escola Estadual Tarcísio de Jesus, no Trapiche, e vai cobrir as quadras das escolas Rodriguez e Anaias.

Sonho real 

O ginásio da Escola Tarcísio de Jesus, por sinal, foi o primeiro espaço esportivo que uma unidade de ensino da rede estadual de ensino localizada na região ganhou em um período de mais de 25 anos. Até então, o último ginásio que havia sido construído na região era o da Escola Estadual Maria Rita Lyra, o CAIC do Trapiche, erguido no início da década de 90.

Além do fomento à prática esportiva, o local poderá ser utilizado para atividades pedagógicas e eventos culturais. Durante muito tempo, o único espaço para atividades culturais na orla lagunar era o Papódromo, o qual construído para a visita do papa João Paulo II a Alagoas no ano de 1991.

“Este ginásio é um sonho que virou realidade depois de muitos anos de espera. Ele poderá ser usado também para eventos culturais e vai beneficiar outras escolas aqui da região. Graças a este espaço, nós finalmente poderemos realizar os nossos jogos internos, o que era impossível antes”, destaca Vânia Pacheco, diretora da Escola Tarcísio de Jesus, que conta com 540 alunos do ensino fundamental, médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Nova realidade 

Os alunos da Tarcísio de Jesus não disfarçam a alegria pelo novo espaço e lembram o desconforto que eram as aulas práticas de educação física. “A gente fazia atividade debaixo de sol quente, incomodava muito. Agora, podemos fazer todo tipo de esporte”, comemora João Vitor dos Santos, aluno do 9º ano.

José Lucas dos Santos, do 8º ano, está igualmente exultante. “Finalmente poderemos jogar bola, brincar”, enumera o garoto.  Já Amanda Santos, aluna da EJA, chama atenção para a importância da preservação do espaço. “É importante que todo mundo cuide dele”, frisa a garota.

As mães de alunos também apontam os benefícios do ginásio. “Achei maravilhoso este ginásio, vai ser muito bom para nossa região, pois vai afastar os meninos de influências ruins”, afirma Jaqueline de Almeida, mãe de três estudantes da Escola Tarcísio de Jesus.

Obras 

Nestes últimos três anos, o Governo de Alagoas reformou 157 escolas estaduais e construiu ou reformou 68 ginásios poliesportivos. “Esses ginásios são um ganho para toda a comunidade, pois não servem apenas para o esporte, mas também para eventos pedagógicos e culturais. Esse número vai aumentar ainda mais”, informa o vice-governador e secretário de Estado da Educação, Luciano Barbosa.

 



Compartilhe