Inovação

Alagoas é finalista em evento internacional de software na Suécia


Fonte: Redação Jal e Ascom

26/04/2018 17h18

Um aplicativo que mescla funções de calendário, agenda e geolocalização, desenvolvido por estudantes do Ifal a partir de um projeto de pesquisa de iniciação tecnológica PIBIT: chamado de Travlendar, a inovação que surgiu nos laboratório de Informática do Campus Maceió começa a ganhar o mundo e chega à final do SCORE Contest 2018, uma competição tecnológica considerada o ponto alto da Conferência Internacional em Engenharia de Software (ICSE), maior evento da área, e que neste ano acontece de 27/05 a 03/06 na cidade de Gotemburgo, na Suécia.

A conferência reúne pesquisadores e desenvolvedores de software de todo o mundo. Apenas três ideias inovadoras, dentre soluções do mundo inteiro inscritas no evento, são levadas à final da maratona tecnológica SCORE Contest, sendo o software Travlendar a única ideia brasileira finalista da Conferência. Um feito inédito para o Brasil, para Alagoas e para o Ifal.

Desenvolvido no Centro de Pesquisa em Software (CPSoftware), grupo formado por professores e alunos do Instituto Federal de Alagoas (IFAL) focado em pesquisas nas áreas de linguagens de programação, técnicas e ferramentas de suporte ao desenvolvimento de software, o software Travlendar  é um gerenciador de tempo e distâncias que funciona de forma integrada como uma agenda interativa. O sistema integra ferramentas como calendário e agenda editável do Google Calendar, Planner, geolocalização pelo Google Maps, Facebook, Twitter e Google Plus, e pode ser acessado por dispositivos móveis via Google Play ou Apple Store (para baixar o aplicativo para Android ou iOS) ou diretamente da internet por navegadores convencionais, como Google Chrome ou Mozilla Firefox.

O Travlendar é um organizador de eventos pessoais, que apresenta informações sobre compromissos pessoais, como uma agenda, integrada a informações de distâncias entre as localidades dos eventos e o tempo necessário para percorrê-las. Ao mesclar compromissos, locais e condições de mobilidade, o Travlendar "prepara" o usuário  para os seus compromissos, sem conflitos de horários já que calcula o tempo de deslocamento e as condições de tráfego para chegar ao local pretendido.

A plataforma visa auxiliar profissionais que vivem viajando e precisam realizar encontros de negócios ao redor do mundo, reunindo informações que impedem o "conflito" de compromissos e ajudam o usuário a gerenciar seu dia e atividades de maneira mais usual. Mescla ferramentas de uso contínuo e foi desenvolvido e testado em Alagoas entre os meses de setembro de 2017 e março de 2018. Durante o período, os participantes utilizaram-se de uma plataforma de comunicação chamada SCRUM, que possibilitou o desenvolvimento ágil do projeto.

À medida que novas ferramentas iam sendo testadas e otimizadas para o Travlendar, o professor e os estudantes envolvidos no projeto trocavam informações em reuniões periódicas presenciais e  telepresenciais. A evolução do projeto gerou um relatório com a descrição de todas as funcionalidades do software, ajustes e aplicações. O relatório que levou o Ifal à final do evento intermacional pode ser visto aqui.

TIME

O time de desenvolvedores do Travlendar que vai à Suíça é composto pelos estudantes Gabriel Silva e Anderson Feitosa, do curso de bacharelado em Sistemas de Informação do Campus Maceió, e Igor Batista e Genilson Almeida, alunos do curso técnico em Informática para Internet, do campus Rio Largo. Os estudantes foram orientados pelo professor Flávio Medeiros, da coordenação de Informática do Campus Maceió e coordenador do grupo de pesquisa do Ifal CPSoftware. Juntos, o professor e os alunos compõem a única equipe brasileira a participar da conferência internacional. É a primeira vez que Alagoas terá representantes na Conferência Internacional em Engenharia de Software (ICSE).

Para o professor, a participação do Instituto no evento representa um avanço para o Ifal, para Alagoas e para o Brasil na área de Engenharia de Software. "Estamos na final de uma maratona tecnológica que envolve as mais recentes e inovadoras ideias em Engenharia de Software. Contamos inclusive com o apoio do Instituto para viabilizar a nossa participação", explica o coordenador da pesquisa. Flávio informa que uma parceria entre e reitoria do Ifal e a gestão dos campi Maceió e Rio Largo tornará possível a participação de alguns dos pesquisadores na conferência.

Para que seja possível a ida de todos, o grupo estar organizando uma vaquinha online - visando arrecadar 5 mil reais - até o dia 14 de maio, e assim permitir que todos os pesquisadores representem nosso país.

Link da vaquinha online

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/competicao-de-programacao-internacional-final



Compartilhe