Interior

Arquitetas arapiraquenses se destacam no 3º CasaCor Alagoas


Fonte: Prefeitura de Arapiraca

11/12/2017 15h30

Em uma área de mais de 4 mil m² com 28 ambientes, três arquitetas arapiraquenses se destacaram nesta 3ª edição do CasaCor Alagoas, realizada no Parque Shopping Maceió, na capital alagoana. O evento acabou neste domingo (10).

Rosângela Carvalho, Giulia França e Margíria Mércia transportaram suas ideias para o plano físico, aliando funcionalidade e beleza estética nesta mostra que conta com a curadoria de Pedro Ariel.

“Em meu ‘Apartamento Vista da Garça’, apresentei uma proposta de apartamento no litoral de Alagoas, cujo proprietário teria origem sertaneja, com todas as referências de um Sertão de belezas áridas”, diz a arquiteta Rosângela Carvalho, a qual contou com as cortinas de Lúcia Pinheiro e os desenhos de Albério Carvalho no ambiente.

Ela foi buscar inspiração na obra magna “Vidas Secas”, do escritor alagoano Graciliano Ramos, aproveitando no espaço diversos objetos de madeira maciça, tons de terra, cerâmicas naturais e detalhes em couro e palha.

Já Giulia França, no ambiente “Gazebo Sebrae”, trabalhou o uso de peças artesanais e a valorização da cultura popular e referenciou ainda o Quilombo dos Palmares. A parte da mobília foi toda dos artesãos que atuam nos projetos fomentados pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Alagoas (Sebrae/AL).

“É muito importante mostrar a beleza e a riqueza do que é produzido por aqui. Por isso, explorei estes elementos, a fim de resgatar a nossa identidade. É, portanto, uma oportunidade e tanto fazer parte desta mostra, que trouxe muitas inovações para o Design de Interiores em Alagoas”, pontua ela, que também é artista plástica e fotógrafa.

Margíria Mércia, por sua vez, não atuou sozinha. Ela teve a parceria da arquiteta Aniete Rocha, criando um espaço que é possível observar os demais ambientes em tempo real.

No “Coworking” montado, os visitantes podiam descansar nos balanços e também relaxar nas poltronas, tendo uma vista linda com treliças feitas em tabocas a brincar com o estilo das construções de taipa.

“Nós aproveitamos o espaço feito para que os usuários do escritório pudessem relaxar justamente para projetar o sistema de monitoramento da mostra, onde é possível ver todos os outros espaços do CasaCor”, comenta a arquiteta Margíria Mércia.

Com todo um manejo sustentável, o público pôde presenciar o melhor das tendências da arquitetura, decoração e paisagismo de Alagoas no evento, proporcionando grandes oportunidades de negócios a todos os profissionais e parceiros envolvidos.



Compartilhe