Interior

Segundo suspeito da morte de professor é preso


Fonte: REDAÇÃO COM AGÊNCIAS

12/06/2018 16h51

Militares do 6º Batalhão prenderam, nessa segunda-feira (11), Marcos José da Silva, conhecido como "Marquinho Guará", suspeito de estar envolvido no assalto que resultou na morte do professor Edmilson da Silva.


O crime foi registrado no último domingo, 10, na zona rural de Porto Calvo. Ele foi preso no Sítio Corre Água, localizado no distrito de Barra Grande, em Maragogi, na região Norte de Alagoas.


A guarnição afirmou ter localizado o suspeito graças ao auxílio do setor de inteligência da corporação, cujas informações favoreceram o monitoramento do suspeito, que estava na casa de parentes, na zona rural de Maragogi.


De acordo com a polícia, o suspeito já se preparava para deixar o estado, Marcos José da Silva já havia tomado conhecimento do mandado de prisão preventiva expedido em se desfavor. 


A polícia não detalhou qual seria a participação de Marcos José no crime. 
O primeiro suspeito preso foi Thiago Vieira, que seria ex-aluno da vítima e teria assassinado o professor por ter sido reconhecido. O criminoso usaria o dinheiro que conseguiria com assalto para quitar dívidas. 



Compartilhe