Interior

Padre Eraldo será ouvido na próxima terça-feira (26), onde irá responder por crime eleitoral


Fonte: Redação JAL com Correio de Notícias

20/06/2018 15h17

Segundo o portal eletrônico Correio de Notícias foram iniciadas, nesta terça-feira (19) as audiências na 2° Vara da Comarca de instrução e julgamento que faz referência aos processos por captação ilícita de sufrágio contra o prefeito de Delmiro Gouveia, Padre Eraldo Cordeiro (PSD), o vice-prefeito Gabriel Varjão (PSDC) e os vereadores Cacau Correia (PTN) e Geraldo Xavier (PSD)

Apenas três políticos compareceram a referida audiência, Gabriel Varjão e os vereadores Cacau Correia e Geraldo Xavier. 

De acordo com a assessoria de comunicação do Padre Eraldo a sua ausência se justificou pois segundo a sua defesa sua presença não seria necessária. Mas confirmou que ele será ouvido na próxima terça-feira (26).

Eles foram acusados por prometer, ou entregar ao eleitor vantagem pessoal, como emprego ou função pública como moeda de troca para obter voto.



Compartilhe