Justiça

Acusado de participação em homicídio de advogado é condenado a 12 anos de prisão


Fonte: Dicom TJ/AL

15/12/2017 10h24

Acusado de participar do assassinato do advogado Marcos André de Deus Félix, em março de 2014, Juarez Tenório da Silva Júnior foi condenado, nesta quinta-feira (14), a 12 anos de prisão, em regime inicialmente fechado. O julgamento foi conduzido pelo magistrado Helestron Silva da Costa, da 1ª Vara da Comarca de Marechal Deodoro.

O crime ocorreu em março de 2014, na Praia do Francês, em Marechal Deodoro. De acordo com a denúncia do MP/AL, os acusados Álvaro Douglas dos Santos e Elivaldo Francisco da Silva deflagraram tiros de arma de fogo contra o advogado Marcos André e, em seguida, fugiram com auxílio de Juarez Tenório, que os aguardava em um carro perto do local do homicídio.

Álvaro e Elivaldo foram julgados e condenados, em agosto deste ano, a 18 e 21 anos de reclusão, respectivamente, ambos em regime inicialmente fechado. Ainda segundo os autos, os réus teriam sido contratados por R$ 2 mil pela advogada Janadaris Sfredo para executar a vítima, com quem tinha inimizade. A suposta mandante está presa e aguarda julgamento.



Compartilhe