Justiça

Toninho Lins é condenado a 17 anos de prisão


Fonte: Redação Jal e Dicom TJ/AL

08/05/2018 16h07

Na tarde desta terça-feira (8), o ex-prefeito de Rio Largo, Antônios Lins de Souza Filho, foi condenado pelo pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) a 14 anos e seis dias de reclusão, somados a 3 anos de detenção e multa. Os desembargadores acompanharam o voto do relator, o juiz Maurílio Ferraz. 

Toninho foi denunciado pelos crimes de desvio de bens públicos, falsificação de documentos, falsidade ideológica, uso de documento falso e fraude em licitação. Porem, ainda pode recorrer da decisão. 

O ex-prefeito estava foragido, mas foi preso pela Polícia Federal no dia 23 de abril, em Recife e encaminhado para Maceió.



Compartilhe