Justiça

Acusada de mandar matar companheiro vai a júri em Taquarana, nesta terça (15)


Fonte: Dicom TJ/AL

14/05/2018 17h29

Os réus Maria Alice da Conceição e seu filho, Edinaldo Domingos dos Santos, acusados de serem, respectivamente, a mandante e o executor do assassinato de José Ronaldo da Silva, serão levados a júri popular nesta terça-feira (15), às 9h, pela Comarca de Taquarana. A sessão será conduzida pelo juiz Lucas Carvalho Tenório de Albuquerque.

Segundo os autos, a vítima estaria na companhia do filho e do neto de Maria Alice, no sítio André Quicé, em Taquarana, quando o crime ocorreu.

Jackson dos Santos de Oliveira, neto de Maria Alice, um dos acusados de executar o homicídio, foi morto em 2013, antes da decisão de pronúncia.

A motivação do crime seria o fato de que Maria Alice não aceitava o fim da relação e por isso teria mandado seu filho e neto matarem José Ronaldo. A defesa nega a autoria dos fatos.

Em depoimento, testemunhas disseram que viram os acusados no local do crime e que a vítima estaria se separando da acusada após um relacionamento de sete anos.



Compartilhe