Justiça

Mulher acusada de mandar matar ex-marido é condenada a 21 anos de prisão


REDAÇÃO JAL
Fonte: Dicom TJ/AL

11/07/2018 08h37

 Marineide Leite Cavalcante de Almeida, acusada por planejar e ser a mandante do assassinado do ex-marido, o empresário José Roberto Cavalcante de Almeida, foi condenada 21 anos e quatro meses de reclusão. A condenação foi realizada pelo Conselho de Sentença do 3º Tribunal do Júri da Capital. 

Os jurados também condenaram Josivânio Manoel dos Santos a 21 anos de prisão por participação no crime. O outro réu do processo, Jedson da Silva Ferreira, foi absolvido.

O crime aconteceu em junho de 2012, no bairro Serraria, em Maceió.

O julgamento ocorreu nessa terça-feira (10), no Fórum da Capital, e foi conduzido pelo juiz Geraldo Cavalcante Amorim, titular da 9ª Vara Criminal. Segundo o Ministério Público de Alagoas (MP/AL), Marineide tramou a morte do ex-marido por ciúme. A defesa dela negou participação no crime. Os outros réus também negaram envolvimento no caso.



Compartilhe