Justiça

Jurados absolvem mulher de tentativa de homicídio contra o marido


Fonte: Dicom TJAL

18/07/2018 16h10

A ré Ana Soares Galvão, acusada de atear fogo ao marido, em setembro de 2009, no município de Arapiraca, foi absolvida na última segunda-feira (16), durante júri popular. A sessão ocorreu no Fórum da Comarca e foi conduzida pelo juiz Jandir de Barros Carvalho, da 8ª Vara Criminal.

Os jurados rejeitaram a tese de tentativa de homicídio qualificado, sustentada pelo Ministério Público, e decidiram pela absolvição da acusada. Em depoimento, ainda na fase de instrução processual, Ana Soares disse ter se arrependido e que agiu em um momento de raiva. Afirmou que nunca teve a intenção de matar o companheiro e que, após o ocorrido, voltaram a viver juntos. Disse também que ajudou a cuidar dos ferimentos do marido.

O fato se deu após discussão entre o casal, porque o marido queria levar o filho, na época com cinco meses, para conhecer a avó. Ana Soares, por não gostar da sogra, disse que não permitiria. Ela, então, pegou um frasco de acetona, jogou o líquido no marido e ateou fogo contra ele. A vítima teve queimaduras de 2º grau.



Compartilhe