a Alunos da rede municipal escrevem cartinhas ao Papai Noel | Jornal de Alagoas

Municípios

Alunos da rede municipal escrevem cartinhas ao Papai Noel


Fonte: SEMED

07/11/2019 16h28

Durante a 9ª Edição da Bienal Internacional do Livro de Alagoas, alunos de escolas da rede pública municipal tiveram a oportunidade de antecipar seus pedidos de presentes de Natal. Na manhã desta quinta-feira (07), eles participaram da campanha Papai Noel dos Correios, no Espaço Armazém. A campanha, que incentiva crianças a escreverem cartas pedindo presentes de Natal ao Papai Noel, funciona com a adoção das cartinhas pelos “padrinhos” que presenteiam as crianças com o que foi pedido na carta.

Os estudantes da rede municipal não só fizeram os pedidos como conheceram o Papai Noel. “Eu pedi um patins porque à tarde eu fico em casa e não tem brinquedo; aí, com o patins eu vou brincar bastante. E fiquei feliz porque abracei o Papai Noel”, afirmou Maria Laura Chagas, aluna do 4° anos da Escola Frei Damião, no Benedito Bentes.

Para Quitéria Moreira, coordenadora da Escola Yeda Oliveira,  os alunos não tiveram qualquer dificuldade em escrever para o bom velhinho. “Por eles já terem visto o gênero textual carta em sala de aula, quando dissemos que viríamos aqui para fazer as cartinhas para o Papai Noel, eles ficaram super animados. Alguns até escreveram em casa a cartinha para entregar hoje”, afirmou Quitéria.

Ao todo foram cinco escolas participantes: Yeda Oliveira, Cecília Carnaúba, Bonifácio Silveira, Frei Damião e Octávio Brandão. Sobre o Vale-livro, concedido pela Secretaria Municipal de Educação aos alunos da rede, a coordenadora também comentou os benefícios. “Nós, professores e, principalmente, eles, os alunos, ficamos muito contentes com a iniciativa porque os incentivou a comprar títulos infantis e a querer, ainda mais, vir a Bienal”, afirmou a Coordenadora.

O superintendente dos Correios em Alagoas, Edimilson Bezerra, explicou o funcionamento da campanha. “Qualquer pessoa pode ir no escritório do Papai Noel, no Maceió Shopping, escolher uma cartinha e presentear uma criança nesse Natal. Nesses 30 anos de Papai Noel dos Correios nós já distribuímos 4 milhões de presentes em todo o país e vimos o amor e a solidariedade, espírito natalino ser fomentado”, explicou Edimilson.



Compartilhe