a Flávio Moreno deve se candidatar pelo partido de Bolsonaro | Jornal de Alagoas

Nacional

Flávio Moreno deve se candidatar pelo partido de Bolsonaro


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

20/11/2019 09h26

Jair Bolsonaro está sem partido. O presidente já assinou a desfiliação do PSL. Quem também deixou a legenda foi o senador e filho dele, Flávio Bolsonaro.

Os dois não correm risco de perda de mandato, diferente de Eduardo Bolsonaro. Assim como o deputado estadual de Alagoas, Cabo Bebeto, deputado federal corre risco de ser acusado de “infidelidade partidária” se deixar a legenda sem “justa causa”.

O rompimento da família Bolsonaro com o PSL tem desdobramentos políticos em todo o país, com reflexos diretos nas próximas eleições – inclusive em Maceió.

Na capital de Alagoas, o PSL tinha dois nomes para disputar a prefeitura: Cabo Bebeto ou o ainda presidente do partido no Estado, Flávio Moreno.

Bebeto já deixou a presidência do PSL em Maceió e, a não ser que consiga uma mudança de partido até abril do próximo ano, sem risco de infidelidade partidária, não terá como disputar a prefeitura.

Já Moreno, tem o caminho livre. É livre para encarar disputa por qualquer legenda, mas deve esperar pela criação do “partido do Bolsonaro”.

Com boa relação com a família presidencial, Moreno mandou uma mensagem ao Blog do Edivaldo Júnior, em que deixa claro que os “bolsonaristas” não estão fora do jogo em Alagoas. Ao contrário. Ele promete surpresas para breve.

“Política é feito uma nuvem. Hoje é de um jeito, amanhã é de outro. O grupo dos Bolsonaristas, independente de partido, estará forte em 2020. Sabemos fazer de um limão uma limonada. Em breve, teremos surpresas.”, avisa Moreno.

Qualquer outro grupo teria enormes dificuldades de criar um partido em tão pouco tempo (em menos de seis meses), para se habilitar a disputar as próximas eleições. Mas como se trata do presidente da república, que tem a “caneta” na mão e milhões de seguidores, existe sim essa viabilidade.



Compartilhe