Negócios

Alagoas é o 4º estado que mais fechou empresas no Nordeste


Fonte: Assessoria

16/08/2018 17h21

Alagoas ocupa a quarta posição entre os estados do Nordeste que mais fecharam empresas nos últimos 18 meses. Foram 263 estabelecimentos encerrados no período. Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). No Brasil, entre 2015 e 2017, 226.722 lojas foram fechadas

Apenas em 2017 e no primeiro semestre de 2018 foram encerradas, no Brasil, 13.593 empresas. O cenário aponta que, entre as cinco regiões do país, o Sudeste é a que mais sente os efeitos da crise, seguido pelo Nordeste e, logo após, pela região Norte.

Felippe Rocha, assessor econômico da Federação do Comércio do Estado de Alagoas, entidade filiada à CNC, explica que, antes da crise, o crescimento do nordeste acompanhou a média nacional. "O Nordeste vinha crescendo no mesmo ritmo da economia brasileira. Mas em 2014, quando o país sentiu a crise, o Nordeste sentiu ainda mais o desaquecimento da atividade produtiva, tanto que as taxas de desemprego na região foram superiores à Nacional. Da mesma forma, a redução da atividade  também foi mais sensível do que a nacional", avalia, o que reforça o motivo pelo qual o Nordeste é a segunda região com o maior número de empresas fechadas nos últimos 18 meses. 

Para Rocha, a economia nordestina acompanha a dinâmica nacional. "Em 2016, a maior parte das consultorias econômicas nacional apontaram para o decréscimo de 1% da atividade econômica. Alagoas, em 2017, apontou um crescimento de até 3% na atividade produtiva. Contudo, desse crescimento, o único responsável foi a agropecuária. A indústria e o Comércio decresceram, refletindo o porque o Estado fechou mais empresas do que abriu", observa.

Dados

A região Sul foi a única que apresentou cenário positivo nesses últimos 18 meses, abrindo, em termos líquidos (abertura/fechamento), cerca de 161 empresas. O saldo negativo da região Sudeste é 3,24 vezes superior à região Nordeste do país.

Em relação ao Nordeste, o estado que mais fechou empresas foi o Ceará, seguido por Bahia e Pernambuco (como observado no quadro abaixo). Alagoas figura na quarta posição, tendo saldo negativo de 263 empresas nos últimos 18 meses. Sergipe, com uma economia muito parecida a nossa, encerrou apenas 72 lojas no mesmo período e, a Paraíba, apenas 65.

Em termos nacionais, o Estado que mais encerrou atividades empresariais em 2017 e no primeiro semestre de 2018 foi o Rio de Janeiro, a corrupção. "A violência, o Estado deficitário e com dificuldade de cumprir suas obrigações acabaram por diminuir o fluxo circular de renda e produto da região", pondera o economista. Atrás do Rio vêm São Paulo, Pará, Ceará e Paraná. Os únicos três estados que apresentaram saldo positivo na abertura/encerramento de empresas foram Santa Catarina (+1.147), Minas Gerais (+323) e Mato Grosso (99). Alagoas, em nível nacional, figura na 12ª posição dentre os que apresentaram saldo negativo.



Compartilhe