a Procon Maceió registra queda de 14% no preço da cesta básica | Jornal de Alagoas

Negócios

Procon Maceió registra queda de 14% no preço da cesta básica


Fonte: Secom Maceió

28/09/2019 14h40

O preço da cesta básica em Maceió reduziu 14% em setembro em relação ao mês de agosto, de acordo com pesquisa realizada pelo Procon Maceió. O órgão constatou um valor médio atual de R$ 44,60, contra R$ 51,86 registrado em setembro. A maior queda registrado foi no preço do óleo. O levantamento foi realizado em redes de supermercados da capital. Confira a pesquisa aqui.

A pesquisa registrou baixa nos preços de seis produtos. O óleo de soja, que está com média de R$3,83, reduziu R$1,97; a farinha de milho flocada chegou a R$1,27, R$ 0,36 mais barata do que em agosto; o arroz custa hoje uma média de R$2,81, uma redução de R$0,31; o feijão com um valor médio de R$5,14 em setembro registrou uma queda de R$0,13; o leite líquido, com preço médio de R$4,14, ficou R$ 0,07 mais barato e o açúcar refinado foi o que menos reduziu nesta lista, ficando em R$2,24, uma redução de R$0,03.

Por outro lado, dos 14 itens pesquisados, sete apresentaram um aumento de preços em relação ao mês anterior. O macarrão, que custava em média R$3,12, passou a custar R$5,27; a farinha de mandioca saiu de R$3,61 para R$3,85; o café custava em média R$4,44 chegou em R$6,72; a bolacha Água e Sal deixou a média de R$3,37 para custar R$4,15; a margarina estava em agosto numa média de R$2,65, mas agora alcançou o valor médio de R$2,81; a manteiga era encontrada a R$8,36 e em setembro atingiu o valor de  R$9,99, e o leite em pó que custava em média R$5,21 passou a custar R$6,34.

O diretor-executivo do Procon Maceió,  Leandro Almeida, alerta que o consumidor deve ficar atento aos preços para economizar e evitar o comprometimento da renda. “Nós realizamos todos os meses ações de fiscalização para verificação de possíveis irregularidades, além de trabalhar em cima de denúncias realizadas pelos consumidores. É sempre importante ressaltar que o consumidor deve realizar pesquisa de preços dos produtos antes de realizar a compra, para obter mais economia e evitar gastos excessivos que possam comprometer a renda mensal”, informa Leandro.

O Procon Maceió lembra que caso o consumidor pode entrar em contato com o órgão através dos números 0800 082 4567 ou 98882-8326 caso perceba alguma diferenciação de preços dos produtos da prateleira no caixa, produtos fora da validade sem resolução com o supermercado ou tiver alguma dúvida em relação aos direitos.



Compartilhe