Polícia

Artista criador da Monalisa Funkeira é preso ao fazer grafite na Ufal


Fonte: GazetaWeb

04/10/2018 09h14

O artista visual e paulista Tiago Angelo Ramos da Silva, conhecido como Tars, de 33 anos, foi detido enquanto fazia uma intervenção artística na passarela da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), no bairro Cidade Universitária, na tarde desta quarta-feira (3). 

De acordo com informações do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), populares informaram à polícia que Tars estava fazendo pichações no local. 

Ele foi detido e encaminhado para a Delegacia do 11º Distrito Policial, localizada no Eustáquio Gomes. Após prestar os esclarecimentos à polícia, o artista foi liberado. 

De acordo com o professor de Artes, ele estava pintando na coluna da passarela, como de costume, quando foi questionado por dois policiais se havia autorização para a pintura. O artista respondeu que não, mas explicou que era professor e se tratava de um grafite. 

"Eles não quiseram nem ouvir, me mandaram entrar na viatura e me levaram para a delegacia. Isso tudo aconteceu porque ainda existem pessoas que não sabem distinguir dano ao patrimônio público de arte", afirmou. 

Tars, que está passando um tempo em Maceió, é conhecido pela "Monalisa Funkeira", que estampa muros da capital alagoana, de São Paulo e do Recife. O projeto, compartilhado nas redes sociais, busca provocar, ocupar o espaço público e ressignificar um dos ícones mais importantes da arte mundial, a Monalisa de Da Vinci.



Compartilhe