a Operação da PF resulta no afastamento de três servidores públicos de Alagoas | Jornal de Alagoas

Polícia

Operação da PF resulta no afastamento de três servidores públicos de Alagoas


Fonte: Cada Minuto

05/02/2019 15h06

A operação ‘Narandiba’ da Polícia Federal resultou no afastamento de três servidores públicos da cidade de São Luís do Quitunde, em Alagoas. Segundo o coordenador da operação Agnaldo Mendonça Alves em entrevista na manhã desta terça-feira (05), a PF conseguiu chegar ao grupo através de denúncia apresentada pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) que identificou a movimentação suspeita realizada pelos servidores.

 

 

Ainda segundo o coordenador, a operação desencadeada na manhã desta terça foi para juntar elementos que comprovem os desvios. Agnaldo não passou o número de pessoas que estão envolvidas.

 

“Com a análise dos documentos pode haver a necessidade de expedir mandados de prisão contra os acusados”, destacou o delegado.

 

 

Em Pilar, os alvos da operação pertencem à gestão passada. Já em São Luís do Quitunde as investigações apontaram que os três servidores estavam envolvidos. Os nomes não foram repassados pela PF.

 

Durante os trabalhos de investigação, logrou-se identificar que servidores públicos teriam movimentado quantias consideráveis, sem origem conhecida e na ordem de 4,5 milhões de reais, e efetuado saques na boca do caixa de valores da Prefeitura de Pilar/AL, contrariando os artigos 44, do Decreto nº 93.872/86, 74, §2º, do Decreto-Lei nº 200/67 e 58 a 63, da Lei nº 4320/64, que versam sobre as etapas de empenho e liquidação de despesas públicas. Em outra vertente, detectou-se suposto conluio para burlar certame licitatório em São Luís do Quitunde/AL.



Compartilhe