Polícia

Maurício Quintela pode disputar a prefeitura de Maceió


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

25/02/2019 13h41

Terceiro na disputa pelo Senado em 2018, o ex-ministro dos Transportes e ex-deputado federal Maurício Quintella vai reforçar a equipe de Renan Filho a partir deste segunda-feira.

“Estou muito motivado. Espero ajudar o governador e sua equipe vencedora. Vou colocar a disposição do Estado a experiência que tive. Como vereador, deputado, ministro, no executivo e legislativo”, resume no novo secretário de Infraestrutura do Estado.

A política continua nos planos de Maurício Quintella. Ele tem sido apontado como um dos prováveis candidatos a prefeito de Maceió em 2020, mas desconversa: “no momento penso em 2019, no que tenho pela frente como secretário”, aponta.

Entre as prioridades na Infraestrutura, adianta Quintella, estão “avançar nas políticas da Pasta, a exemplo do saneamento, habitação e abastecimento”, diz.

“Alagoas é muito carente de obras de infraestrutura. Não é está fácil. É um momento desafiador. Depende muito do governo federal para grandes investimentos, como o canal do sertão”, pondera. O novo secretário não pretende esperar apenas pelas verbas federais. “Vamos tentar atrair parceiros para investimentos privados, trabalhar com o BNDES estruturando para iniciativa privada atuar no abastecimento de água e saneamento. O objetivo do governador é avançar muito no saneamento”, avalia Quintella.

Na avaliação do novo secretário, o governo deve trabalhar investimentos privados no setor, porque nem o Estado, nem a União tem capacidade de investimento a ponto de garantir a universalidade de saneamento, que ainda é de baixíssima cobertura no caso de Alagoas.

No caso específico do canal do sertão, o novo secretário reconhece que ao rimo das obras está, hoje, mais lento, por dificuldade orçamentário (falta de recursos). O esforço seria conseguir recursos para concluir o lote 4 e para iniciar o lote 5.

“Vamos trabalhar para garantir orçamento e vamos precisar muito do empenho da bancada federal”, enfatiza.

Sem ressentimentos

A relação pessoal com o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, segundo Maurício Quintella, não ficou estremecida com o afastamento do PR da prefeitura: “o prefeito ficou em situação difícil. A turma começou a cobrar espaços, já que eles me veem como adversário. Pelo menos hoje entre a gente não há animosidades”, aponta.



Compartilhe