Polícia

Vereadora deve disputar prefeitura de Arapiraca com apoio de Teófilo


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas 7Segundos e NovoExtra

09/03/2020 15h51

Na oposição a dúvida continua em torno de Luciano Barbosa (MDB). O vice-governador de Alagoas já confidenciou a várias pessoas que pretende ser candidato a prefeito nas eleições deste ano.

Enquanto Barbosa não se define, o grupo do prefeito Rogério Teófilo - que não deve disputar a reeleição – trabalha para viabilizar um nome para a sucessão do atual prefeito.

Segundo informações de bastidores, o prefeito Rogerio Teófilo está disposto a não disputar a reeleição, principalmente em virtude da baixa popularidade e dos problemas de saúde.

A decisão já teria sido tomada há algumas semanas. O nome para sua sucessão inclusive já estaria definido e seria o da vereadora Gilvania Barros.

Filiada ao MDB, Gilvânia já foi lembrada várias vezes para disputar a prefeitura de Arapiraca. Segundo informações dos bastidores, a vereadora deverá deixar o partido e migrar pra o PSDB. Esse seria oo desejo de Teófilo, mas ainda precisa passar pela aprovação da direção do partido.

O senador Rodrigo Cunha, presidente estadual do PSDB, é quem em última palavra vai aceitar ou não o nome da parlamentar.

Rogério Teófilo, segundo informações de bastidores, também pretende colocar seu filho, Moacir Neto, como candidato a vice na chapa. Esta seria a condição para tirar seu próprio nome da disputa.

Durante as últimas eleições, Gilvania sempre foi colocada como uma das favoritas para câmara. Porém, a parlamentar já tem dito a correligionários o seu desejo de disputar a majoritária.

Vale lembrar que Gilvania é esposa do ex-vereador Ted Pereira e irmã do ex-deputado Gilvan Barros, além de ser tia do deputado Gilvan Barros Filho (PSD).

Gilvânia não confirma a sua pretensão de disputar a prefeitura da cidade mais importante do interior de Alagoas, mas correligionários e eleitores mais próximos informam que a vereadora já abriu diálogo com a sua base política para tomar a decisão de concorrer ao pleito que será realizado em outubro deste ano.



Compartilhe