Política

Para o Senado, pesquisa aponta vitória de Renan Calheiros


REDAÇÃO
Fonte: www.edivaldojunior.com.br

19/01/2018 07h26

A pesquisa eleitoral começou a ser divulgada nessa quarta-feira, 17. É o primeiro levantamento em Alagoas registrado no TSE sobre as eleições deste ano. Nesta quinta-feira foram divulgados os resultados para o Senado, deputado federal e deputado estadual.

Realizada pela TDL Pesquisa & Marketing, a pesquisa também apresentou resultados para presidência e governo do estado – que você pode conferir aqui: http://edivaldojunior.blogsdagazetaweb.com/2018/01/17/se-as-eleicoes-fossem-hoje-renan-filho-seria-eleito-com-68-dos-votos-validos/

No resultado para o Senado, a pesquisa aponta para a consolidação da liderança do senador Renan Calheiros, que vai disputar a reeleição pelo MDB. Se as eleições fossem hoje, a segunda vaga seria disputada entre o atual senador Benedito de Lira (PP) e o ex-governador Téo Vilela (PSDB).

Renan Calheiros lidera, com boa margem, em todos os três cenários montados e seria reeleito com 30% ou 28% dependendo dos nomes que estão sendo avaliados na pesquisa.

A segunda vaga seria disputada, no caso de confirmada a candidatura, entre Benedito de Lira (22%) e Téo Vilela (20%). Os dois estão empatados na margem de erro.

Com 16% no cenário mais provável da eleição, Marx Beltrão sobe para 20% numa amostragem estimulada sem a inclusão do nome de Téo Vilela. (veja as tabelas abaixo).

Pesquisa inclui novos nomes

Os resultados da TDL estão próximos dos  levantamentos do Ibrape, divulgados aqui em dezembro.

A diferença é que a pesquisa da TDL montou três diferentes cenários para o Senado, incluindo entre os eventuais candidatos um nome que vem sendo cogitado para a disputa, mas ainda não confirmado – o Procurador Geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça.

A pesquisa estimulada avaliou a intenção de voto em oito eventuais candidatos ao Senado: Renan Calheiros (MDB), Benedito de Lira (PP), Téo Vilela (PSDB), Marx Beltrão (MDB), João Caldas (PSB), Alfredo Gaspar (Sem Partido), Rafael Tenório (Podemos), Rodrigo Cunha (PSDB).

De um cenário para o outro o que muda é a inclusão ou retirada de nomes, que apesar de prováveis, ainda não estão confirmados na disputa.

O cenário 1 inclui todos os nomes, exceto Rodrigo Cunha. O cenário 2 inclui o nome de Cunha, mas exclui o de Téo Vilela. Isso porque só um dos dois será candidato pelo PSDB.

O cenário mais provável, considerando o quadro atual, é o 3 que inclui apenas os nomes de Renan, Biu, Téo, Marx e João Caldas. Os demais nomes estão, no momento, mais para o campo da dúvida e das possibilidades, do que das certezas.

A pesquisa

Foi divulgada nessa quarta-feira, 17, a primeira pesquisa eleitoral de Alagoas registrada no TSE. O registro passa a ser obrigatório no ano da eleição. O levantamento da TDL Pesquisa & Marketing traz resultados para presidência, governo do estado, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

As entrevistas foram realizadas com eleitores de 16 anos ou mais em 52 municípios de Alagoas, entre de 12 a 14 de Janeiro de 2018, sendo checadas simultaneamente à sua realização em 10,0% das entrevistas.

Para a pesquisa foi utilizada uma amostra de 1.068 eleitores, estratificada por gênero, faixa etária, grau de escolaridade, nível econômico e posição geográfica. As quotas foram estabelecidas com base nos dados mais atualizados do PNAD/2014 e TSE/ TRE de 2017.

Com 95,0% de grau de confiança, margem de erro de 3,0%, a pesquisa apresenta está registrada no TRE sob o número AL-05922/2018. A TDL pesquisa e Marketing informa que possui estatístico devidamente registrado no Conselho Regional de Estatística da 5ª Região sob o nº 8492.



Compartilhe