Política

Collor defende agricultura familiar e ampliação do programa do leite


Redação
Fonte: www.edivaldojunior.com.br

08/02/2018 08h26

O senador Fernando Collor (PTC) vai reforçar sua atuação em Brasília na defesa de recursos e ações para a agricultura familiar, em especial para os produtores alagoanos. A decisão foi comunicada nessa quarta-feira, 07, durante reunião com o presidente e o diretor administrativo da Cooperativa da Produção Leiteira de Alagoas (CPLA).

No encontro, realizado no gabinete do senador, em Brasília, os dirigentes da cooperativa foram acompanhados pela presidente do PTC em Alagoas, Célia Rocha.

Além de atuar pela liberação de recursos já programados para a agricultura familiar, a exemplo do Programa do Leite, o senador também vai trabalhar para ampliar os projetos e programas destinados aos agricultores familiares.

Entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano, Collor conseguiu, numa ação conjunta com o ministro Marx Beltrão (Turismo), assegurar a liberação de R$ 15 milhões do Programa do Leite de Alagoas que estavam “emperrados” no Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Os recursos foram destinados ao pagamento de mais de 4 mil agricultores familiares que fornecem leite para o Programa em Alagoas. No estado, cerca de 80 mil famílias carentes são beneficiadas com a doação do leite.

O senador adiantou ainda que vai atuar para liberar novas parcelas, além de trabalhar para assegurar a continuidade do programa este ano.  Atualmente, são distribuídos 40 mil litros por dia. Após tomar conhecimento que houve uma redução no volume diário, Collor também se dispôs a defender a ampliação da distribuição a partir deste ano.

Ação regional

Após conversar com os diretores da CPLA, Collor também se dispôs atender pleitos não só dos agricultores familiares do programa do leite de Alagoas, mas de todo o Nordeste. O senador vai articular a aprovação do aumento do teto de fornecimento de leite – que hoje é de 17 litros por produtor dia, para 36 litros diários. A medida, que será votado no Senado, vai beneficiar mais de 20 mil produtores no Nordeste.

O apoio do senador e do ministro, explica o presidente da CPLA, foi decisivo para tranquilizar os produtores: “os repasses dos recursos federais estavam atrasados e muitos agricultores familiares temiam pela continuidade do programa. Hoje, depois que o Collor e o Marx passaram a atuar junto ao MDS nesta questão, o clima é de tranquilidade e segurança. Em nome de todos os produtores, não só os da CPLA, mas também das outras cooperativas e associações que participam do programa, fiz questão de agradecer pessoalmente ao senador pelo seus esforço, um esforço que ajuda os alagoanos que mais precisam”, aponta Aldemar Monteiro.

O senador Collor abriu as portas do seu gabinete e se colocou à disposição dos agricultores familiares: “Sei da importância da agricultura familiar e do programa do leite. Estou à disposição dos vocês. Digam o que é preciso e eu vou trabalhar para atendê-los”, disse durante a reunião.



Compartilhe