Política

Ex-governador se filia ao MDB e pode disputar eleição


Redação
Fonte: www.edivaldojunior.com.br

08/04/2018 00h09

O último dia de filiações partidárias para quem vai disputar as eleições deste ano não foi marcado por grandes surpresas.

Na bancada federal, a única mudança foi a de Rosinha da Adefal, que saiu do Avante para o PTB e Carimbão, que saiu do PHS para o Avante. A filiação de Marx Beltrão ao PSD não foi confirmada até a noite deste sábado. Durante todo o dia ele deu sinais que permaneceria no MDB.

Na Assembleia Legislativa de Alagoas, houve menos mudanças do que o esperado.

De casa Nova, por enquanto, apenas os deputados estaduais Davi Davino Filho (que saiu do MDB para o PP), Gilvan Barros Filho (do PSDB para o PSD), Sérgio Toledo (do PSC para o PR), Severino Pessoa (do PSC para o PRB) e, informação ainda não confirmada, a saída de Thaise Guedes, do MDB para o PTB ou PP.

Uma das novidades deste sábado, 7, foi a filiação do ex-governador Manoel Gomes de Barros, o Manto, que tem forte liderança na região da Mata ao MDB. Ele anunciou a filiação ao lado do filho dele, ex-deputado Nelito Gomes de Barros, e do senador Renan Calheiros.

Com a filiação, Mano fica apto a disputar a eleição, provavelmente para uma vaga proporcional, pelo MDB. Essa é a expectativa, mas segundo dirigentes do partido essa definição será tomada até as convenções, que acontecem em julho.



Compartilhe