Política

Governo, Senado, federal e estadual: Bolsonaro terá chapa completa em AL


Redação
Fonte: www.edivaldojunior.com.br

16/04/2018 13h04

“Quem quiser continuar nos subestimando terá uma grande surpresa em outubro”. O aviso é do novo presidente estadual do PSL - o “partido do Bolsonaro”.

E certamente o recado vai para a turma da política tradicional de Alagoas, que ainda não se rendeu a um movimento que tem forças nas redes sociais e vem ganhando as ruas.

Flávio Moreno, que gosta de ser anunciado como policial federal, assumiu o PSL em Alagoas apostando alto na popularidade de Jair Bolsonaro: “A esperança de renovação que contagia a pré-campanha de Bolsonaro será a mesma que nos fará vencer em Alagoas”.
Moreno explica que após assumir o PSL em Alagoas cuidou de filiar novos nomes, que certamente vão aparecer nas eleições de outubro.

“Em apenas 2 semanas, desde que assumi a presidência do PSL, passei a construir nossa chapa e já temos mais de 50 pré-candidatos a deputado federal, estadual para compor nossa chapa majoritária”, adianta.

O PSL não sairá só. Em breve, avisa Flávio: “as reuniões já estão ocorrendo com líderes, outros partidos e candidatos. Estrategicamente manteremos o resultado das conversas preservadas”.
Flávio avalia que a próxima eleição não será fácil, especialmente para senador: “seremos o fiel da balança também para a eleição ao Senado no Estado, o que tudo indica será uma das mais acirradas da história de Alagoas”, aponta.
O próprio Moreno é um destes nomes. Ele admite disputar uma vaga para o Senado ou para a Câmara dos Deputados: “Vamos com força para eleger uma bancada de sustentação ao futuro governo Bolsonaro. Temos condições de eleger ao menos 1 deputado pederal e 2 deputados estaduais”, aponta.

O candidato a governador também já foi escolhido. Trata-se do engenheiro Josan Leite. Mas essa história conto depois.



Compartilhe