Política

PT de AL aprova “aliança ampla” com grupo de Renan Filho


Redação
Fonte: www.edivaldojunior.com.br

05/05/2018 18h33

Foi na base do voto. Literalmente. Durante congresso estadual do Partido dos Trabalhadores, realizado neste sábado, 5, em Maceió, a maioria aprovou a construção de uma ampla aliança com o grupo do governador Renan Filho.

A maior prioridade do PT em Alagoas é construir um palanque de apoio para a candidatura do ex-presidente Lula. Outra prioridade não menos importante é a reeleição do deputado federal Paulão (PT/AL). Os petistas avaliam que o melhor campo para Lula e Paulão, no atual cenário, é o do governador Renan Filho. (MDB).

O PT também anunciou, durante o congresso, que vai lançar uma chapa de deputado estadual com 35 nomes, com a expectativa de conquistar duas vagas, repetindo performance das últimas eleições. Além disso o partido também analisa se coligar na proporcional com outros partidos do “campo democrático popular” como o PCdoB.

“Decidimos por uma aliança ampla com o campo do governador Renan Filho. Foi um resultado que não deixou dúvidas quanto a intenção dos delegados presentes. Foram 120 a favor desta posição contra 68. Essa decisão abre o início das discussões do PT com o governador Renan Filho e o MDB em Alagoas para a construção desta aliança”, afirma o presidente estadual do PT, Ricardo Barbosa.

O diálogo com o grupo do governador deve ser iniciado já na próxima segunda-feira, adianta Barbosa: “vamos estabelecer os diálogos, para trabalhar essa unidade dentro das prioridades que temos no PT. Todo mundo sabe que temos a prioridade da candidatura do Lula e pelo fato da candidatura do governo defender o Lula, passamos a ter eles como aliados preferenciais, além da candidatura do Paulão. Sabemos das dificuldades que teremos, dificuldades que poderemos minimizar dentro de um arco de alianças”, explica.

Versão oficial

Veja texto distribuído pela assessoria de comunicação do PT em Alagoas:

Congresso do PT decide por aliança com PMDB e candidatura única para deputado Federal

Aproximadamente 200 delegados e delegadas do Partido dos Trabalhadores em Alagoas participaram neste sábado, 05, no hotel Atlantic em Maceió do Congresso Estadual de Tática Eleitoral que definiu as principais diretrizes para as eleições deste ano.

As correntes internas apresentaram propostas com diferentes perspectivas eleitorais, entre elas a de candidatura própria, defendida pela tendência “O Trabalho”, além da defesa de uma frente de esquerda, apresentada pela correntes “Democracia Socialista”, “Esquerda popular e Socialista” e “Articulação de Esquerda”, embora a tendência “CNB – Construindo um Novo Brasil”, liderada pelo deputado federal Paulão, foi vitoriosa com mais de 120 votos ao defender uma frente ampla com alinhamento ao governador Renan Filho (PMDB).

Segundo o presidente estadual da legenda, Ricardo Barbosa, “O PT trabalha com o objetivo de articular um palanque amplo em apoio ao ex-presidente Lula em Alagoas, além de viabilizar a eleição de 2 deputados estaduais e a reeleição de nosso deputado federal Paulão. Conseguimos montar uma chapa proporcional muito competitiva com mais de 35 pré-candidatos a deputado estadual e estamos dialogando com partidos no campo democrático popular como o PCdoB, ” concluiu. 

Na oportunidade, os petistas aprovaram também uma resolução que estabelece candidatura única a deputado federal, buscando aliança com outros partidos da base do governo estadual.

Petistas históricos como Paulo Bonfim e Gino Cesar, colocaram seus nomes a disposição do partido para candidatura ao senado federal. A definição sobre candidaturas ao senado será discutida no próximo Encontro estadual do PT a ser realizado em Junho.

Ricardo Barbosa durante o Congresso do PT - Fotos: Secom/PT
Paulão durante o Congresso do PT - Fotos: Secom/PT
Congresso do PT em Maceió reuniu mais de 200 pessoas - Fotos: Secom/PT
Congresso do PT em Maceió reuniu mais de 200 pessoas - Fotos: Secom/PT


Compartilhe