Política

AL: PSL aposta em policiais para eleger “bancada da bala”


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas

12/06/2018 14h00

Com propostas conservadoras, de direita mesmo, o “partido do Bolsonaro” surge com mais uma novidade em Alagoas. O PSL está lançando entre seus candidatos na majoritária e na proporcional nomes para a integrar a chamada “bancada da bala”, que na definição do próprio partido são policiais conhecidos por defender, após eleitos, políticas mais duras para a área da segurança pública.

Entre algumas das medidas defendidas pela “bancada da bala” estão redução da maioridade penal, fim do estatuto do desarmamento e um combate mais duro à criminalidade.

Em nota, o PSL de Alagoas apresenta como pré-candidatos da “bancada da bala” ao menos três nomes: Cabo Bebeto, deputado estadual, Abelardo Silva PC, deputado federal e o policial federal Flávio Moreno, senador.

Além destes nomes, a “bancada da bala” ainda com “Joathas Lins, GM Radjalma Oliveira, Marco Perciano, Capitão Miguel Rocha, Rangel e Rangel e outros que em breve serão anunciados e seguem os mesmo ideais do seu líder maior Bolsonaro, conservadorismo nos valores e liberalismo econômico, acrescentado da defesa da revogação do estatuto do desarmamento, o endurecimento penal, o direito a auto-defesa, a lei do abate, o reforço-valorização e reforma da segurança pública, a militarização das escolas públicas, a defesa da família, da lei e da ordem, uma melhor qualidade de vida para população e tolerância zero a criminalidade são algumas de suas pautas”, diz o texto.

Leia aqui o texto distribuído pelo PSL:

Cabo Bebeto, Abelardo Silva PC e Policial Federal Flávio Moreno, a bancada da bala de Bolsonaro em Alagoas

A bancada da bala como são conhecidos os policiais Deputados Federais, Estaduais e Senadores que defendem a segurança pública e o endurecimento penal pode ganhar novos integrantes em Alagoas com as pré-candidaturas a Deputado Estadual do Cabo Bebeto, a Deputado Federal do Abelardo Silva PC, a Senador do Policial Federal Flávio Moreno, ambos pelo PSL. Hoje, ela já conta com os Deputados Federais, o presidencial Capitão Jair Bolsonaro, seu filho Policial Federal Eduardo Bolsonaro, Delegado Federal Francischini e Major Olimpio, todos integrantes do PSL e outros parlamentares espalhados pelo Brasil.
Em recente visita de Eduardo Bolsonaro à Alagoas, Bebeto e Moreno selaram a amizade e aliança.
Em Alagoas, a bancada da bala com Bebeto, Abelardo, Moreno, Joathas Lins, GM Radjalma Oliveira, Marco Perciano, Capitão Miguel Rocha, Rangel e outros que em breve serão anunciados, seguem os mesmo ideais do seu líder maior Bolsonaro, conservadorismo nos valores e liberalismo econômico, acrescentado da defesa da revogação do estatuto do desarmamento, o endurecimento penal, o direito a auto defesa, a lei do abate, o reforço -valorização e reforma da segurança pública, a militarização das escolas públicas, a defesa da família, da lei e da ordem, uma melhor qualidade de vida para população e tolerância zero a criminalidade são algumas de suas pautas.
A referida bancada do PSL em Alagoas possui integrantes na PM, PF, BM, PF e GM e Forças Armadas, que visam fortalecer a segurança pública e a defesa, problemas que assolam nosso Estado e país.
O Policial Federal Flávio Moreno que preside o PSL em AL, em recente entrevista à imprensa foi taxativo em afirmar que as chances são reais de eleição de uma forte bancada e que criará em lei, o Estatuto do Policial, e um dos itens de valorização e retaguarda jurídica será o de que policial que mata bandido em confronto será homenageado e promovido. Pelo visto a tolerância será zero a criminalidade. A carreira policial deve ser valorizada, meritocrática de acesso único e de ciclo completo, defendem os policiais.
Cabo Bebeto, Abelardo e Flávio Moreno além de possuírem popularidade na segurança pública são policiais operacionais.



Compartilhe