Política

Collor diz que não vai concorrer ao governo de AL


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas

12/07/2018 23h36

Não será por falta de convite que o senador Fernando Collor (PTC) deixará de concorrer ao governo de Alagoas nas eleições deste ano. Nos últimos, pelo que se sabe ele recebeu vários convites para liderar uma chapa de oposição a Renan Filho.

De acordo com dirigentes do PTC em Alagoas, Collor mantém sua pré-candidatura a presidente da república. Em entrevista á CBN, nesta quinta-feira, 12, Collor confirmou e disse porque quer ser candidato a presidente.

“Com a experiência adquirida ao longo dos anos, tanto experiência de vida, pelo sofrimento pelo qual passei, como também pela experiência adquirida na gestão, acho que posso oferecer ao debate propostas e projetos que possam levar a opinião pública a tomar uma posição em relação a todos os candidatos que se apresentarem”.

O repórter quis saber se Collor poderá concorrer ao governo de Alagoas, caso não confirme sua candidatura a presidente: “não, não. Isso não. Candidato ao governo de Alagoas não serei. Seria uma grande honra também, uma satisfação para mim concorrer ao governo de Alagoas, mas meu projeto é de concorrer a presidência da república”.

A declaração de Collor se deu um dia depois da visita do governador Renan Filho (MDB) ao seu gabinete, no Senado, em Brasília. E a reunião com Renan Filho saiu apenas dois dias depois que o PTC de Collor anunciou uma coligação proporcional com o PSB de JHC e mais quatro partidos (PSC, PPL, PSDC e Patriotas).

Apesar das declarações de Collor as especulações em torno de uma candidatura “surpresa” ao governo de Alagoas na chapa de JHC aumentam a cada dia e só devem acabar mesmo depois das convenões dos partidos, que serão realizadas até 5 de agosto.



Compartilhe