Política

Candidato a senador tem estratégia diferenciada


Redação com Edivaldo Júnior

16/08/2018 11h08

Maurício Quintella (PR), segue tipo de linha estratégica contrária a de seus oponentes. Segundo Edivaldo Júnior para o GazetaWeb, "Enquanto outros nomes considerados favoritos na disputa brigam pelo primeiro voto ou tentam passar imagem de “independência”, o ex-ministro dos Transportes busca conquistar o segundo voto – não só nas bases políticas, mas também no eleitorado". 

Renan Calheiros (MDB) e Benedito de Lira (PP) disputam pelo primeiro voto das lideranças políticas, enquanto Quintella aposta tudo no segundo voto. Rodrigo Cunha (PSDB) preferiu fazer campanha isolada, sem palanques majoritários.E oss demais candidatos: Flávio Moreno (PSL), Sérgio Cabral (Patriotas), Osvaldo Maciel (PCB), Cícero Albuquerque (PSOL) e Flávia Pires (PCO), possuem pouco tempo de TV e praticamente nemhuma penetração entre lideranças políticas e devem apostar mesmo nas redes sociais.

"Fazendo uma campanha “colada” com o outro candidato a senador de sua chapa (Renan Calheiros), Quintella tem avançado na sua estratégia e já teria hoje, segundo levantamento feito por “especialistas” apoio em mais de 50 cidades, no tal do segundo voto, mais superando os outros candidatos nesta questão específica" acrescenta Edivaldo. 



Compartilhe