Política

No “tudo ou nada”, JHC faz acordo para tentar chegar à presidência da Câmara dos Deputados


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

15/12/2018 08h51

Não é um caminho fácil. Mesmo com o apoio quase explícito do deputado federal Eduardo Bolsonaro, JHC não conseguiu reunir até agora votos os votos necessários para se eleger presidente da Câmara dos Deputados na eleição marcada para 1o de fevereiro de 2019.

O candidato mais forte até o momento é o atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que concorre à reeleição. Sem o apoio dos Bolsonaro ele corre por fora, com força na oposição e entre os independentes.

Outros cinco candidatos a presidente da Câmara dos Deputados – entre eles três que tem apoio dos Bolsonaro – resolveram fazer um pacto, uma espécie de tudo ou nada. É um acordo mutuo, com direito a documento assinado e a pose para fotos.

O compromisso é votar no candidato que passar para o segundo turno. Na prática, os 5 candidatos que alegam ter, juntos, 350 dos 513 votos, já admitem que terá um segundo turno e que apenas um deles passará na peneira. Para enfrentar quem, senão o atual presidente Rodrigo Maia?

O acordo mutuo (veja a reprodução) foi assinado pelos deputados Fábio Ramalho (MDB-MG), atual vice-presidente da Câmara, João Campos (PRB-GO), JHC (PSB-AL), que ocupa a terceira secretaria na atual Mesa Diretora, Alceu Moreira (MDB-RS) e Capitão Augusto (PR-SP) traz na sua maioria candidatos avulsos, com o compromisso de apoio àquele, dentre os cinco, que chegar ao segundo turno.

É um tudo ou nada, para JHC e para todos os outros candidatos. Quem não passar para o segundo turno terá que honrar o compromisso e não irá, muito provavelmente, disputar nenhum outro cargo na Mesa da Câmara dos Deputados.

Se JHC tem chances de chegar lá? Na única vez que disputou um cargo na Mesa, há dois anos, ele surpreendeu e ganhou a disputa no plenário. O jovem deputado tem até o final de janeiro para angariar votos. Terá que apostar muito no corpo a corpo e nas conversas de pé de ouvido. Nada que ele não saiba fazer.



Compartilhe