Política

Manobra do governo esvazia votação na ALE


Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

22/03/2019 14h30

O registro foi feito por um influente deputado estadual na sessão de quarta-feira, 20. “O governo esvaziou o plenário para impedir a votação do relatório do deputado estadual Marcelo Beltrão (MDB), que recomenda a derrubada do veto”, disse.

Segundo o parlamentar, uma “ligação” do Palácio dos Palmares para alguns deputados deu início ao esvaziamento da sessão plenária. “Se o relatório fosse votado ontem o governo seria derrotado. Para adiar a derrota, o Palácio decidiu pedir a alguns integrantes da base governista para deixar o plenário”, apontou.

O veto em questão é parcial. Na prática, o que está em jogo é o desconto previdenciário do rateio do Fundeb.

No entendimento da maioria dos parlamentares o desconto previdenciário seria indevido, porque o rateio não seria incorporado para efeito da aposentadoria dos professores.

Segundo cálculos do deputado estadual Davi Maia (DEM), o autor da emenda (vetada pelo governador Renan Filho) proibindo o desconto previdenciário do rateio do Fundeb, é um desconto de cerca de R$ 8 milhões.

Se o veto cair, esse valor, descontado do pagamento do rateio, segundo o parlamentar, será pago aos professores.

Tags: Fundeb ALE


Compartilhe