Política

Padre Eraldo é alvo de mais uma denúncia no Ministério Público de AL


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

24/03/2019 14h39

Alvo de uma operação de busca de apreensão, a prefeitura de Delmiro Gouveia está sob investigação do Ministério Público Estadual. Existem suspeitas de desvio de até R$ 20 milhões em processos licitatórios para aquisição de combustíveis, locação de veículos e contratação de serviços.

O prefeito do município, Eraldo Cordeiro, conhecido como Padre Eraldo, é o principal alvo da investigação. Algumas suspeitas, segundo o MPE/AL estão se confirmando.

O prefeito, além de críticas que vem enfrentando no município por problemas no funcionamento da UPA de Delmiro Gouveia, pode ter que responder um novo inquérito no MPE/AL em função de denúncia apresentada sobre possíveis irregularidades na administração da Unidade de Pronto Atendimento.

O Ministério Público Estadual divulgou no Diário Oficial que aceitou o requerimento de providências apresentado pelo integrante do Conselho Estadual de Saúde, Tony Cloves Pereira. Segundo a denúncia enviada ao MPE pelo conselheiro, a contratação de empresa terceirizada para manutenção dos serviços da unidade diverge com informações contidas junto à Receita Federal.

Tony Cloves solicitou ao MPE que instaure investigação sobre contratação do instituto. Ele alegou ainda na sua denúncia que os serviços prestados pelo Instituto Diva Alves do Brasil (Idab), que administrou a UPA até o último dia 16, estavam precários.

O MPE enviou o pedido de investigação para a assessoria técnica. O processo foi publicado no Diário Oficial no dia 13 de março.



Compartilhe