Política

Bancada de Alagoas segue sem cargos federais no Estado


Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

13/04/2019 23h00

O governo de Jair Bolsonaro começou a liberar as indicações cargos federais nos Estados na última semana de março. O processo é coordenado pelo ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil).

A bancada federal de Alagoas não indicou até ninguém até então e nem sabe se irá indicar. “Ainda estamos na fase do diálogo”, resume o coordenador da bancada, o deputado federal Marx Beltrão.

Aparentemente, deputados e senadores não demonstram interesse pelo que foi oferecido. O governo teria disponibilizado apenas 30% dos cargos no Estado, deixando de fora os mais disputados em Alagoas, entre eles: Codevasf, Conab, Incra, Funasa, Porto, DNIT, Correios e CBTU, além das delegacias de ministérios.

São cerca de 50 cargos federais de direção (comissionados) em Alagoas. Muitos deles, no entanto, são técnicos, a exemplo da Caixa, BB, Receita Federal, Polícia Federal, entre outros. A remuneração varia de R$ 3 mil a R$ 30 mil.

Momento de espera

Com as discussões da reforma da previdência avançando na Câmara Federal dificilmente os parlamentares vão se esforçar para fazer qualquer indicação nos Estados agora.

É um momento importante. Todos estão sob holofotes. Sem amarras no governo, cada deputado ou senador terá mais liberdade para votar de acordo com a consciência ou seguindo a promessa de escutar seus eleitores.



Compartilhe