a Erros políticos aumentam desemprego no país, diz Renan | Jornal de Alagoas

Política

Erros políticos aumentam desemprego no país, diz Renan


Fonte: Blog do Edivaldo Junior

17/05/2019 17h30

Em todo o Brasil, a taxa de desemprego (ou taxa de desocupação) aumentou no primeiro trimestre de 2019 em relação aos três últimos meses do ano em 1,1 ponto percentual. Passou de 11,6% para 12,7%, segundo a Pnad Contínua, pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nessa quinta-feira, 16.

Traduzindo em números, 13,4 milhões de brasileiros estão desempregados – o maior volume de desocupação registrado desde maio de 2018. Ainda, segundo o IBGE, 5,2 milhões de brasileiros – o que equivale a 38,9% dos desempregados no país – procuram emprego há mais de um ano.

Em Alagoas, a taxa de desocupação foi de 16% no 1º trimestre de 2019. Em 14 estados do país, o desemprego cresceu, mas em Alagoas este índice se manteve estável em relação ao trimestre anterior.

O levantamento também mostra que a taxa de desalentados, pessoas que não estão trabalhando e desistiram de procurar emprego, ficou em 16%, a mesma registrada no final de 2018, mantendo Alagoas como o segundo pior do país neste índice.

Ao comentar os números do IBGE, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) atribuiu o aumento do desemprego aos erros do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

“O governo mistura erros políticos com a paralisia causada pelas crises que ele mesmo fabrica. O resultado é o aumento do desemprego. IBGE constatou que não há retomada em nenhum estado. Preço injusto para os brasileiros. #desemprego”, afirmou o senador em sua conta no Twitter.



Compartilhe